Empresário suspeito de integrar organização criminosa continua foragido

Em Criciúma, policiais seguem tentando localizar o homem que teria participação em crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, integrando quadrilha do Rio Grande do Sul

Divulgação Gaeco/RS
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), juntamente com o Ministério Público, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) continuam tentando localizar o empresário de Criciúma que é acusado de integrar uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, originária do Rio Grande do Sul.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o Gaeco, as buscas continuam e o homem segue foragido. Contra ele há um mandado de prisão expedido pela Justiça. Nessa quinta-feira, dia 29, quando os policiais estiveram no endereço do suspeito, ele não foi encontrado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.