Criciúma: suspeitos são indiciados por tentarem aplicar golpe do seguro

Divulgação Polícia Civil

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Dois homens foram indiciados em Criciúma por supostamente tentarem aplicar o golpe da seguradora, que consiste em informar às autoridades o furto ou roubo de determinado veículo no intuito de obter vantagem financeira com a indenização oferecida pela seguradora. O delegado Yuri Miqueluzzi, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) comandou as investigações dos dois casos: um no bairro Pinheirinho e outro no bairro Verdinho.

- PUBLICIDADE -

Os crimes são enquadrados como comunicação falsa de crime. De acordo com o delegado, nas duas investigações de roubos de veículos, pela Divisão de Repressão a Roubos (DRR/DIC) da Polícia Civil em Criciúma, foram verificadas inconsistências nos relatos das vítimas e constatado que os roubos não tinham acontecido.

“De vítimas, os dois homens de 42 e 22 anos passaram a investigados, sendo indiciados pelo delito de comunicação falsa de crime. Em um dos casos, foi relatado o roubo de um carro no bairro Pinheirinho, por homens armados. No outro, foi comunicado também um roubo de automóvel no bairro Verdinho. No decorrer das investigações, foi constatada a inveracidade dos fatos criminosos”, declara o delegado.

Os dois confessaram o falso roubo. De acordo com a lei, em caso de comprovação da intenção de recebimento de valores indevidos para indenização ou seguro, a pena pode chegar a cinco anos de prisão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.