Criciúma: PM deflagra operação para coibir furto de fio de cobre

Ao total foram fiscalizados 10 ferros-velhos, 118 veículos vistoriados ,65 pessoas abordadas e um termo circunstanciado lavrado

Foto: Divulgação/ Polícia Militar
- PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira, 16, visando reforçar a repressão e prevenção a crimes de receptação e furto de fios de cobre, principalmente nos bairros Centro e Pinheirinho, o 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizou em Criciúma, a “Operação Lata Velha”.

A ação visou desenvolver ações simultâneas nos principais ferros- velhos do município e áreas de risco criminal, buscando a localização de fios furtados e outros eventuais objetos de receptação, assim como capturar foragidos da justiça e suspeitos de estarem cometendo os mais diversos crimes.

- PUBLICIDADE -

Durante a operação, várias abordagens em pessoas e veículos foram realizadas, sendo preso um homem com mandado de prisão em aberto, pelo crime de furto, suspeito de estar cometendo furtos na região, com ele foram apreendidos diversos objetos de origem duvidosa.

No decorrer dos trabalhos também foram localizadas duas betoneiras, que haviam sido furtadas em uma obra no município.

Em ação conjunta, as equipes de fiscalização da Fazenda Estadual e Municipal visitaram estabelecimentos, que haviam sido alvos de denúncias e realizaram notificações.

Barreiras policiais também foram montadas, focando em abordagens de automóveis, tendo em vista ser o meio de transporte mais utilizado para o cometimento de delitos; e ações de policiamento nas áreas comerciais e residências que apresentam indicadores de criminalidade.

Ao total foram fiscalizados 10 ferros-velhos, 118 veículos vistoriados ,65 pessoas abordadas e um termo circunstanciado lavrado.

A Operação contou com a participação de 23 policiais militares, incluindo os Cadetes Appel, Cavalcante e Cony, da Academia de Polícia Militar da Trindade (APMT) que ainda estão em formação e ao final do ano serão declarados Aspirantes a Oficial, sendo lotados nas mais diversas organizações polícias militares do Estado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.