Criciúma: autores de homicídio bárbaro se apresentam na DIC e são presos

O paradeiro de ambos era desconhecido desde o crime

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Voluntariamente, L.S, de 28 anos, e T.S.M, de 21 anos, se apresentaram na Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma nesta segunda-feira, dia 25, para prestarem esclarecimentos sobre o homicídio de Filipe da Silva Martinho, que foi brutalmente assassinado com golpes de faca e pedradas na noite de 18/09/21, no bairro Rio Bonito, em Criciúma.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

As investigações realizadas pela Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) esclareceram que o crime foi praticado pelos irmãos L.S e T.S.M, em decorrência de discussão familiar envolvendo a guarda de uma sobrinha dos autores, que era enteada da vítima.

Em razão das robustas provas o Juízo da 1ª Vara Criminal de Criciúma decretou a prisão temporária dos investigados, cujo paradeiro era desconhecido desde a noite dos fatos, tendo os dois se apresentado nesta data acompanhados de advogado, juntamente com a mãe e irmã (esposa da vítima), que presenciaram o ocorrido e também estavam em local incerto desta a data do homicídio.

Ambos confessaram terem desferido as facadas e pedradas que resultaram na morte de Filiipe, alegando terem agido por medo de sofrerem represália da vítima, que durante a briga teria os ameaçados de morte. Eles foram encaminhados ao presídio e ao final do Inquérito Policial será representado pela conversão de suas prisões temporárias de 30 dias em prisão preventiva.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.