Cocal do Sul: professor encontrado morto recebeu nove facadas, diz IGP

Helio Antonio Pizzollo, de 66 anos, foi assassinado nesta semana enquanto estava em casa

Foto: Reprodução
- PUBLICIDADE -

O laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP), finalizado nesta sexta-feira, dia 16, concluiu que o professor Helio Antonio Pizzolo foi assassinado com ao menos nove golpes de faca na região do pescoço. O delegado Ulisses Gabriel, da Polícia Civil, responsável pelas investigações, trata o caso como um latrocínio (roubo seguido de morte).

A vítima, de 66 anos, morava sozinha em uma casa no localizada no centro de Cocal do Sul. Um sobrinho do aposentado encontrou na última quarta-feira, 14, o corpo do idoso, já em estado de composição. Não havia sinais de arrombamento no local, mas uma TV foi subtraída, junto com o dinheiro da carteira de Pizzolo. Ainda não há indícios da autoria do crime.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.