Boletim médico atualiza estado do autor de ataque em creche de Saudades

Jovem de 18 anos desferiu golpes contra si após matar brutalmente cinco pessoas, entre elas três crianças com menos de 2 anos

Fonte: ND Mais
- PUBLICIDADE -

O jovem de 18 anos, autor do ataque a escola infantil Pró-Aquarela, – na última terça-feira (4) -, em Saudades, no Oeste catarinense, segue internado em enfermaria cirúrgica, acordado e com boa evolução. As informações são do boletim atualizado na manhã deste sábado (8), pelo médico do HRO (Hospital Regional do Oeste), Jonathan Caon de Souza. Apesar de acordado, ele ainda depende de suporte de oxigênio em baixa litragem pela cânula de traqueostomia.

“Hoje realizará exames de imagem, rotineiros, para avaliar indicação precisa da remoção do dreno torácico e para troca da cânula de traqueostomia, auxiliando retorno da fala do paciente”, informa o boletim.

- PUBLICIDADE -

Já o menino de 1 ano e 8 meses, que sobreviveu ao ataque, continua internado no Hospital da Criança, em recuperação. O pai Diego Hübler acompanha a recuperação do filho ao lado da esposa e está otimista para a alta hospitalar em breve.

O menino levou no mínimo seis ferimentos na região do rosto, na barriga e no ombro. Ele também teve o pulmão perfurado e passou por cirurgia, mas se recupera bem.

Relembre o atentado

Na terça-feira (4), um jovem de 18 anos invadiu uma creche em Saudades, no Oeste do Estado e matou alunos e professores. O caso ganhou repercussão nacional.

Segundo a Polícia Civil, o agressor teria chegado de bicicleta no local por volta das 10h. Cerca de 30 crianças estavam na escola no momento do ataque. Em uma sala de aula ele desferiu golpes de arma branca em quatro crianças, uma  professora e uma agente educativa. Três crianças e as duas educadoras morreram.

Outra criança, um menino de 1 ano e 8 meses, foi socorrido com vida. Ele passou por uma cirurgia na região do pulmão e deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na quarta-feira, em estado estável. O bebê segue em recuperação no Hospital da Criança, em Chapecó.

Na última quinta-feira (6), a Justiça negou o pedido de exame de sanidade mental do rapaz, solicitado pela defesa. Ele foi autuado em flagrante por cinco homicídios e uma tentativa de homicídio triplamente qualificados. As investigações seguem para compreender as motivações do crime.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.