Vereadores de Siderópolis repassam demandas para deputados em Brasília

Município aguarda verbas do Governo Federal

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Pavimentação de vias, projetos de mobilidade urbana, manutenção de unidades escolares e equipamentos agrícolas para integrar a patrulha mecanizada, estes foram alguns dos temas tratados pelos vereadores da Câmara Municipal de Siderópolis, Glaucia Périco e Janete Trento (MDB) e Mateus Donadel (PDT), durante os dois dias (quarta-feira e quinta-feira, dias 22 e 23), que estiveram em Brasília (DF).

Em ofício entregue para alguns deputados, os vereadores solicitaram a viabilidade da destinação de recursos, por meio de emenda parlamentar, para a execução de projetos para o município e saíram da capital federal satisfeitos com a atenção recebida.

- PUBLICIDADE -

“Temos a certeza que esta parceria será de suma importância para o desenvolvimento das políticas municipais visando melhor da qualidade de vida de nossa população”, apostam os edis.

Na quarta-feira, 22, a comitiva foi recebida por vários deputados, entre eles, o assessor do deputado Celso Maldaner (MDB), pela deputada Caroline De Toni (PSL), pelo deputado Daniel Freitas (PSL), pela deputada Geovana de Sá (PSDB) e pela deputada Carmen Zanotto (PPS). Já na quinta-feira, 23, fizeram a entrega de ofício ao senador Jorginho Mello (PL) , deputados Pedro Uczai (PT) e Carlos Chiodini (MDB) e pelos chefes de gabinetes dos deputados Dário Berger (MDB) e Ricardo Guidi (PSD).

“Siderópolis precisa do Governo Federal para estruturar sua rede de serviços públicos e dotar o município com infraestrutura básica para fomento da economia local e do desenvolvimento social. Nossa passagem por Brasília foi para solicitar o apoio para sanarmos os problemas do município”, disseram os vereadores.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.