Vereador quer discutir desapropriação de 400 mil m² no Cristo Redentor

Através de requerimento, Jefferson Monteiro (PL) coloca em pauta a construção de um parque industrial no local

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A desapropriação de mais de 400 mil m², no bairro Cristo Redentor, em Criciúma, deve entrar em discussão, na sessão desta terça-feira (20), na Câmara de Vereadores. De autoria do vereador Jefferson Monteiro (PL), o documento, protocolado na Casa nesta segunda-feira (19), pede que sejam averiguadas com o prefeito Clésio Salvaro (PSDB), as possibilidades de estudos e diálogos com as partes envolvidas para a expropriação consensual ou judicial.

O pedido abriga também a hipótese de parceria público-privada para a construção de um parque industrial naquela localidade. Conforme Monteiro, o desenvolvimento econômico da cidade passa por esta necessidade. “É uma via para solucionar um gargalo do progresso da região, não beneficiará só Criciúma. São mais de 400 mil m²  vizinhos à Linha Férrea e a Via Rápida que facilitarão, em larga escala, o escoamento de toda a produção econômica ao Porto de Imbituba e à BR 101”, justificou.

- PUBLICIDADE -

O projeto, segundo ele, ainda refletirá em benfeitorias sociais, além de fortalecer as atividades do Porto Seco. “É o crescimento sócio econômico de um bairro e de todo um zoneamento que ainda convive com as mazelas da desigualdade, gerando empregos e oportunidades para todas as famílias que moram ali. É preciso pensar também adiante da finalização do Anel Viário em sua revitalização, criando um ambiente atrativo para as empresas aqui sediadas e para as que desejam se instalarem aqui”, reforçou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.