SC: veja quem são os secretários exonerados do governo de Carlos Moisés

Exonerações foram oficializadas nesta segunda (29) e governadora Daniela Reinehr decide os novos nomes que assumirão as pastas

Exonerações foram publicadas nesta segunda-feira, e novos nomes ainda são decididos- Foto: Arquivo/Mauricio Vieira/ND
- PUBLICIDADE -

Com a retomada do governo de Daniela Reinehr (sem partido) nesta terça-feira (30), uma série de mudanças são realizadas no poder executivo. Elas foram oficializadas em duas edições do DOE (Diário Oficial Do Estado) publicadas nesta segunda-feira (29).

Até o momento, cinco secretários foram exonerados. Confira abaixo quem são os secretário que deixaram o Governo Estadual até o início da tarde desta terça-feira (30), alguns já adiantados por colunistas do ND+.

- PUBLICIDADE -

Nem todas as pastas já tem novos nomes decididos. A governadora Daniela Reinehr deverá decidir sobre eles no decorrer desta terça-feira e ao longo da semana.

Casa civil

Eron Giordani foi o primeiro nome a deixar o governo de Santa Catarina. O chefe da Casa Civil anunciou a saída da cargo no último dia 27, um dia após o afastamento de Carlos Moisés. O egresso foi oficializado na primeira edição do DOE desta segunda-feira (29). O novo nome deve ser anunciado nesta terça.

Giordani já atuou como secretário da Casa Civil nas prefeituras de Chapecó e Florianópolis, participou do Conselho de Administração da Celesc e também foi chefe de gabinete da presidência da Alesc (Assembleia Legislativa).

Articulação Nacional

A governadora Daniela Reinehr também concedeu exoneração ao Secretário Executivo de Articulação Nacional, Lucas de Souza Esmeraldino. Ele deixa o cargo a partir desta terça-feira (30).

Esmeraldino foi o segundo a pedir para deixar o Governo, logo após a votação que afastou Moisés na sexta (26). Ele publicou uma carta na ocasião da exoneração, enfatizando que “Santa Catarina não pode seguir vítima de interesses políticos”.

Saúde

O Secretário de Saúde André Motta Ribeiro ocupava a pasta desde a saída de Helton Zeferino, em abril de 2020, na ocasião do caso dos respiradores. Com a saída, quem assumirá é a deputada federal Carmen Zanotto. Seu nome deverá ser anunciado oficialmente ainda nesta terça.

Casa militar

O Secretário André Alves, chefe da Secretaria Executiva da Casa Militar, foi exonerado nesta segunda-feira (29). Figura próxima do governador Carlos Moisés, André Alves foi empossado em junho de 2020, quando o coronel João Carlos deixou o cargo.

Comunicação

Também deixou o cargo nesta terça-feira (30) Jefferson Doulgas da Silva, Secretário Executivo de Comunicação. Jornalista, Silva foi nomeado no dia 27 de novembro de 2020, substituindo o ex-secretário Carlos Rocha. Ainda não há nome cotado para substituir o chefe da pasta.

Liderança do governo

O deputado José Milton Scheffer (PP) vai entregar o cargo de líder do governo na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), como anunciou a coluna de Karina Manarin. Ele deve deixar o cargo ainda na tarde desta terça-feira, após ocupá-lo desde janeiro.

Possíveis nomes

A coluna da Karina Manarin adiantou ainda dois nomes, do Sul de Santa Catarina, que devem integrar o governo de Reinehr. O deputado Luiz Fernando Vampiro deve ser mantido na pasta da Educação, e Leodegar Tiscoski fica na Infraestrutura.

Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.