SC: Moisés já tem votos suficientes para voltar ao cargo de governador

Desta forma, mesmo se os próximos votos sejam pela condenação, Moisés voltará ao cargo

Foto: Divulgação/ Secom
- PUBLICIDADE -

Mesmo antes de encerrar o julgamento no âmbito do Tribunal Especial de Julgamento do Impeachment, o governador afastado Carlos Moisés da Silva já tem votos suficientes para voltar ao cargo. Já se manifestaram pelo arquivamento da denúncia os deputados Marcos Vieira (PSDB), José Milton Scheffer (Progressistas), Valdir Cobalchini (MDB), e Fabiano da Luz (PT). Desta forma, mesmo se os próximos votos sejam pela condenação, Moisés voltará ao cargo.

A votação segue e ainda faltam proferir o voto o desembargador Luiz Antônio Fornerolli e o deputado Laércio Schuster (PSB). A tendência é de que o julgamento, que ocorre de forma célere, encerre nos próximos instantes. Desta forma, Moisés será notificado na sequência da decisão do Tribunal e voltará ao comando do Estado na semana que vem.

- PUBLICIDADE -

Votaram com o governador até o momento os deputados Marcos Vieira (PSDB), José Milton Scheffer (Progressistas), Valdir Cobalchini (MDB), e Fabiano da Luz (PT). Votaram pela cassação os desembargadores Sônia Maria Schmitz, Roberto Lucas Pacheco, Luiz Zanelato e Rosane Portella Wolff.

Via Rede Catarinense de Noticias 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.