Respiradores: Secretaria de Saúde aplica suspensão à Veigamed

A pasta ainda busca outras formas de penalizar a empresa

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) aplicou uma suspensão de seis meses sobre a empresa Veigamed pela não entrega dos 200 respiradores, o que que proíbe a empresa de negociar com o Estado por esse período. A medida veio após finalizar o prazo da multa aplicada pela SES de R$ 3,3 milhões e que não foi depositada.

A pasta ainda busca outras formas de penalizar a empresa. Entre elas está a declaração de inidoneidade, o que seria um selo para atestar a falta de capacidade da Veigamed de contratar com o setor público. Como as penalidades não podem ser somadas, a declaração de inidoneidade deve ocorrer somente após o processo de suspensão.

- PUBLICIDADE -

Decisão da suspensão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE):

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE: APLICAÇÃO DE SANÇÃO.


Decisão: O Secretário de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto nos autos do processo SES 13471/2021 e em consonância com o art. 87 da Lei 8.666/93 e art. 110 e art. 111 do Decreto Estadual 2.617/09, RESOLVE aplicar à empresa VEIGAMED MATERIAL MÉDICO E HOSPITALAEIREL, CNPJ 02.482.618/0001-60 a penalidade de SUSPENSÃO por seis meses por descumprimento da Ordem de Fornecimento nº 343/2020 – Edital 754/2020.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.