Rafael Matos: impasse na Polícia Civil de SC

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias


- PUBLICIDADE -

Os delegados de Santa Catarina que colocaram os cargos à disposição foram convocados para uma reunião nesta terça-feira com o Delegado-Geral da Polícia Civil, Paulo Norberto Koerich. Na pauta o impasse que está posto e aparentemente sem solução, pois a Reforma da Previdência Estadual foi aprovada, sem atender às reivindicações da categoria. E a pergunta que se faz agora, “como resolver a situação?”, está sem resposta.

Aliás, desde que os delegados começaram a colocar os cargos à disposição não se teve um posicionamento oficial dos gestores da segurança do estado. O presidente do colegiado de segurança, o equivalente ao secretário Estadual de Segurança Pública de SC, Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Charles Alexandre Vieira, informou que esta questão é com o Delegado-Geral da Polícia Civil. Koerich informou por meio da assessoria que não iria se manifestar. Por isso se espera uma posição depois da reunião de hoje;

- PUBLICIDADE -

Entre os delegados há um acordo para que ninguém aceite assumir os cargos em comissão que estão colocados à disposição, o que demonstra que os delegados estão unidos em torno do assunto.

A Reforma aprovada na última semana na Alesc não atendeu às reivindicações da Polícia Civil, como paridade (os mesmos reajustes de quem está na ativa) e integralidade (se aposentar com o mesmo salário do final da carreira), deixando a categoria contrariada e desmotivada.

A coluna completa você confere na edição do Jornal Tribuna de Notícias desta terça-feira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.