Morro da Fumaça: gerente da Cermoful planejava dominar atual Diretoria

Informações preliminares dão conta de que os documentos em desfavor do atual gerente são muitos e devem vir à tona aos poucos nos próximos dias.

- PUBLICIDADE -

Áudios confirmam que o atual gerente administrativo da Cooperativa Fumacense de Eletricidade (Cermoful), José Eduardo Lima, tinha planos para “derrubar” o presidente interino Rudy Recco e o secretário Éverton Meneghel.

Informações preliminares dão conta de que os documentos em desfavor do atual gerente são muitos e devem vir à tona aos poucos nos próximos dias.

- PUBLICIDADE -

Em reunião com os colaboradores, após o vazamento dos áudios, o gerente disse que estava alcoolizado, contradizendo reuniões organizadas por ele mesmo para criar candidatos contra a atual administração. Com a situação provocada por José Lima, pelo menos quatro funcionários foram demitidos pelo presidente Rudy Recco por admitirem não o apoiar para a sequência à frente da Cermoful, enquanto José Lima se calou omitindo sua participação e liderança exercida enquanto superior dos demitidos.

Confira alguns dos trechos de conversas em grupos de WhatsApp, disponíveis na justiça e vazados na internet.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.