Morro da Fumaça:Projeto Câmara Mirim reprova após abstenções da oposição

Com a reprovação este projeto só poderá entrar em plenário em 2022.

- PUBLICIDADE -

O Programa Vereador Mirim que estava em votação na Sessão desta terça-feira, 02, em Morro da Fumaça, foi reprovado após os vereadores Silvana Vasconcelos (MDB), Laenio da Silva (MDB), Jorgia Guglielmi (PSDB) e Felix Bertan (PSD) se absterem de votar no projeto.

Os demais vereadores foram favoráveis a proposta que se trata de uma emenda aditiva à lei orgânica municipal e necessitava de seis votos a favor para ser aprovada.
Com a reprovação este projeto só poderá entrar em plenário em 2022. O objetivo do programa Câmara Mirim é estimular a participação política da juventude, propiciando, aos estudantes, momentos de reflexão e aprofundamento sobre o papel do Poder Legislativo Municipal e a importância da política na sociedade democrática.

- PUBLICIDADE -

O presidente da Câmara, Luciano Formentin (PSL), lamentou o ocorrido. “Sequer houve discussão, na minha opinião é uma clara retaliação política e quem perde com essa atitude são as crianças e adolescentes que seriam inseridas de forma lúdica e criativa na política”, disse Formentin.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.