Impeachment: Valdir Cobalchini (MDB) empata julgamento; placar é 3 a 3

Parlamentar afirmou que não há indícios mínimos de autoria quanto aos crimes de responsabilidade

Foto: Reprodução
- PUBLICIDADE -

Sexto a votar no âmbito do Tribunal Especial de Julgamento do Impeachment, o deputado Valdir Cobalchini (MDB) utilizou as decisões da Polícia Federal e do Ministério Público de SC (MPSC) de arquivar os inquéritos contra o governador Carlos Moisés da Silva para anunciar o voto pela absolvição do acusado.

“Não é crível querer atribuir ao governador do Estado crime de responsabilidade […] Se no primeiro momento a acusação apontou indícios para o impulso inicial e recebimento do processo pela Assembleia Legislativa, após ampla investigação dos fatos pelo Ministério Público, Tribunal de Contas, Polícia Federal e arquivamento do Superior Tribunal de Justiça [não é possível afirmar a participação do governador]”, disse.

- PUBLICIDADE -

Parlamentar afirmou que não há indícios mínimos de autoria quanto aos crimes de responsabilidade. Placar é de três a três.

Via Rede Catarinense de Noticias 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.