Impeachment: Desembargador vota pela cassação; 3×2

Segundo ele, Moisés se omitiu ao não prevenir o dano ao erário público

Foto: Reprodução
- PUBLICIDADE -

O desembargador Luiz Zanelato foi o quinto a anunciar o voto no âmbito do Tribunal Especial de Julgamento do Impeachment. O magistrado repetiu as provas da denúncia e afirmou que o governador cometeu crime de responsabilidade. Segundo ele, Moisés se omitiu ao não prevenir o dano ao erário público.

“Ainda que não tenha determinado diretamente ordenação de despesas com a compra dos respiradores, ele possuía conhecimento do negócio, firmado pelo secretário de Estado e suas condições precárias. Por todos os elementos evidenciados nos autos, por volta de março de 2020, o governador do Estado compartilhava a gestão da pasta da saúde”, declarou.

- PUBLICIDADE -

O placar é 3 a 2. Até o momento, todos os membros do tribunal repetiram os votos do primeiro julgamento.

Via Rede Catarinense de Noticias 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.