Içara realizou a posse dos vereadores, prefeita e vice- prefeito

Na ocasião foi escolhida através de votação entre os parlamentares a Mesa Diretora

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A Câmara Municipal de Içara neste dia primeiro de janeiro (sexta-feira) realizou a Sessão Solene de Instalação e Posse da 15ª legislatura. Também foram empossados a Prefeita Municipal Dalvania Cardoso e o Vice-Prefeito Jandir Soratto. Em virtude da pandemia de coronavírus (Covid-19), a solenidade realizada às 19 horas, não contou com a presença do público em geral, sendo transmitida ao vivo pelo facebook.com/CamaraIcaraSC.

Na ocasião foi escolhida através de votação entre os parlamentares a Mesa Diretora para o Biênio 2021/2022, ficando com a Presidência do Legislativo o vereador Itamar Oloyde da Silva (PP). Os demais membros para compor a Mesa foram 1º Vice-Presidente Laudelino Calegari – Laudo (MDB), 2º Vice-Presidente Silvia Mendes- Marreca (PSDB), 1º Secretário Max Luiz – Rola (PL) e 2º Secretário Moacyr Francisco (PSD). Os vereadores que completam a legislatura são: Adilson Bertan (PP), André Mazzuchello Jucoski – Polakinho (PSDB), Carla Vieira de Souza (MDB), Davi Inácio Nazário (PP), Edson Freitas – Edinho (MDB), Eduardo Michels Zata – Duca (PP), Gelson Possamai (PP), Geraldo Baldissera (MDB), Jairo Manoel da Silveira – Jairinho (PSD) e Pedro Mazzuchetti – Pedrinho (MDB). “Com muita alegria e consciência da responsabilidade, com apoio de todos os vereadores e servidores da Casa vamos fazer um excelente trabalho em prol do município”, destacou o Presidente da Câmara Itamar da Silva (PP).  Na Sessão Solene foram adotadas as medidas sanitárias recomendadas sendo o uso de máscaras por todos, uso de álcool em gel 70% e distanciamento social.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.