Eleições 2022: fortalecimento da participação feminina em pauta

Ideia é fortalecer a presença de mulheres no próximo pleito


- PUBLICIDADE -

Criciúma

A possibilidade da criação de um movimento no Sul do Estado, para fortalecer a participação das mulheres na política, aumentando a representatividade feminina nas próximas eleições de 2022, pautou uma conversa informal entre a vereadora Giovana Mondardo, do PC do B, de Criciúma e a assessora da liderança da bancada parlamentar do MDB, Karina Canto Bitencourt.

- PUBLICIDADE -

A ideia é fortalecer a participação das mulheres na política, aumentando a representatividade feminina nas próximas eleições de 2022. O objetivo é criar um debate apartidário em prol de temas comuns, como o empreendedorismo feminino, a participação das mulheres no mercado de trabalho, mais oportunidades de qualificação educacional para os jovens catarinenses, entre outros.

Giovana e Karina consideram que o cenário eleitoral está se articulando, e a possibilidade de mudanças na legislação eleitoral, no que diz respeito à mulher, também. Para elas, o momento favorece a reunião de lideranças femininas regionais na discussão de ideias, propostas e na defesa do espaço feminino na política.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.