CPI da Covid anuncia data do depoimento de Luciano Hang

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou a convocação do empresário catarinense Luciano Hang para prestar depoimento na quarta-feira, 29, às 10h da manhã

Empresário catarinense, Liciano Hang, é convocado para depor na CPI da Covid – Foto: Divulgação/Havan

- PUBLICIDADE -

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou a convocação do empresário catarinense Luciano Hang para prestar depoimento na quarta-feira, 29, às 10h da manhã. Por meio de nota, o empresário declarou que recebeu a convocação “com tranquilidade” e que estará presente na sessão para responder aos questionamentos da CPI na data marcada. Confira a nota na íntegra:

“NOTA À IMPRENSA

- PUBLICIDADE -

Recebo com tranquilidade a informação que serei convocado para depoimento, como testemunha, na CPI da Covid-19, na próxima quarta-feira, 29, de outubro de 2021. Será um prazer estar presente e falar de todo o trabalho que nós fizemos, visando ajudar no enfrentamento da pandemia, buscando auxiliar na saúde do povo brasileiro e também na economia. Desde o princípio nós falamos que era preciso cuidar da saúde, sem descuidar da economia. Estou totalmente à disposição para esclarecer qualquer questionamento.”

O anúncio foi feito após o requerimento do relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL) durante a sessão desta quinta-feira, 23. “Nós estamos nos encaminhando para a reta final da CPI e há um depoimento que eu venho insistindo, considero muito importante, que é o depoimento do empresário Luciano Hang. Seria importante para essa relatoria que nós pudéssemos marcar e eu peço a vossa excelência que nos ajude neste propósito”, começou Calheiros.

Na sequência, o relator afirmou que Hang é um “empresário importante no Brasil” e “membro destacado do gabinete paralelo”, em alusão ao suposto grupo que seria próximo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o aconselharia em decisões relacionadas à gestão da pandemia. “Nós temos conversas dele que são conversas absurdas sobre qualquer contexto. Então seria importante que nós pudéssemos trazê-lo até o final dos nossos trabalhos”, continuou.

Em seguida, Aziz colocou o requerimento em votação, que foi aprovado pelos membros da CPI. O presidente da CPI também afirmou que a convocação a Hang é para que ele possa “contribuir com as investigações da Comissão Parlamentar de Inquérito como um patriota”. A única manifestação contrária à presença do empresário catarinense foi do senador Jorginho Mello (PL-SC), que pediu que seu voto contra a convocação de Hang ficasse registrado.

Convocação já aprovada

O pedido de convocação de Luciano Hang já havia sido aprovado pela CPI da Covid no dia 30 de junho, porém sem a data para o depoimento. No final de agosto o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) anunciou que a fala do empresário seria marcada para logo depois do feriado de 7 de setembro, pois a data ainda estava em debate.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.