Araranguá: vereador quer acabar com a taxa de religação de água e esgoto

Hoje para o contribuinte o valor da taxa de religação é de R$ 30,89

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Levando em consideração que a água é um direito essencial e constitucional, o vereador Ozair da Silva, o Banha (PT) apresentou e foi votação na sessão desta segunda-feira, 12,  um anteprojeto (012/2021) que trata sobre a proibição da taxa de religamento da água e esgoto no município de Araranguá.

O anteprojeto foi aprovado e é importante na avaliação de Banha, pois extingue com um valor de R$ 30,89 da religação. “Após o corte do serviço a pessoa precisa quitar o débito e ainda pagar uma taxa e isso é complicado. Esse valor se tornou uma renda extra para o Samae que fornece um bem que é da coletividade sem pagar nada”, defendeu.

- PUBLICIDADE -

Segundo o vereador, essa taxa não deveria existir. “Ela penaliza duplamente o cidadão, às vezes as família mais vulneráveis possuem dificuldades para pagar a tarifa e fica complicado mais esse valor anexo para um serviço simples que é o refinamento”.

Banha espera que o prefeito encaminhe um projeto para a Câmara. “Esperamos que o prefeito traga para a Câmara um projeto de lei que extingue a taxa de religação para que a tarifa se torne algo mais justo para o povo araranguaense”.

O anteprojeto projeto foi aprovado com a contrariedade dos vereadores: Pedro Paulo de Souza (Paulinho) e Edir Clézio (Tico)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.