Suportando a perseguição

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Jesus não era bem aceito na sua terra, não era muito amado não. Por que uma pessoa que faz o bem é perseguida? Por que uma pessoa que é boa é perseguida? A perseguição faz parte de todas as dimensões da vida. Todo ser humano em algum momento experimentou ser perseguido.

Mas o que gera uma perseguição? São muitos fatores. Às vezes as pessoas têm inveja de nós. “Padre, mas a inveja existe? ”, existe! Por que às vezes eu persigo alguém? Porque há algo no comportamento daquela pessoa que me incomoda, que me deixa desestabilizado ou o outro está alcançado alguma coisa que eu quero, mas não consigo alcançar.

- PUBLICIDADE -

Aliás, a inveja nasce disso: você olha para o outro, para o lugar que ele ocupa e fica desejando estar ali. E aí, muitas vezes eu assumo uma postura mesquinha de persegui-lo, condená-lo, de falar mal daquela pessoa. Tem gente que tem o prazer de falar do outro.

Em se tratando da vida cristã, o nosso grande desafio é ir se tornando parecido com Jesus. Eu quero olhar para Cristo e ter a sua personalidade, a palavra, a atitude, o jeito de ser. É para isso que vamos à missa: para se tornar mais parecido com Jesus. E quando isso vira uma atitude concreta, é claro que você vai incomodar. Então é natural que vão levantar muitas pessoas para tentar derrubar um cristão que consegue viver o desafio de ser justo, de ser correto, de ser alguém tranquilo e resolvido.

Isso acontece muito no ambiente de trabalho. Quando você descobre que lá existe um processo de desonestidade e quer quebrar aquilo, podem muitas vezes até te ameaçar de morte. Já descobri e acompanhei pessoas que tiveram que deixar o ambiente profissional por descobrir desonestidade e foram ameaçadas por serem éticas, morais e porque não quiseram ficar caladas.

Quando as pessoas querem quebrar esta cadeia de injustiça, elas são humilhadas, perseguidas, porque desejaram que o bem acontecesse. Jesus incomodou, foi morto porque desafiou as estruturas religiosas da época, sejam políticas ou sociais. Um seguidor de Jesus é aquele que vai continuar desafiando o mundo. É natural que venha a sofrer uma perseguição na vida, do mesmo jeito que Ele sofreu.

Se você tem fé, se você é uma pessoa correta, você acha que não vai incomodar alguém? Vai! É por isso que temos que tomar o cuidado de não esmorecer por medo de certas perseguições que as pessoas nos fazem. Não se afaste de Deus, siga firme, fique com ele, imponha a sua meta e viva o seguimento de Jesus Cristo, assumindo as consequências naturais desta escolha.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.