Um empate basta

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias


- PUBLICIDADE -

Diante do Marilia-SP, o Criciuma está a um empate da segunda fase da Copa do Brasil 2021. Em Cariacica, no Espírito Santo, o Tigre corre atrás de mais de R$ 1 milhão. É uma grana que poderá salvar a temporada, caso o dinheiro seja revertido em contratações. Reforçar o elenco é uma necessidade do time carvoeiro. Se isso não acontecer, o time de Hemerson Maria vai passar muito trabalho em toda a temporada, inclusive no próprio Campeonato Catarinense.

Sem favoritismo

- PUBLICIDADE -

Não adianta dizer que o Criciúma é favorito, porque realmente não é. O Tigre não tem sequer um esquema de jogo definido. Fez apenas um gol em três jogos. A defesa falha demais. Então, hoje contra os paulistas, a equipe carvoeira precisa jogar com bastante humildade e nao pode em hipótese alguma menosprezar o adversário.

No comando 

Waldeci Rampinelli é um vencedor também no futebol. E, sem dúvida, deve estar incomodado com a situação da equipe. Rampinelli precisa persuadir o presidente Anselmo Freitas a investir um pouco mais na qualidade do elenco, ou vai se queimar junto com todo o restante da diretoria.

Teve discussão 

Teve discussão no CT Antenor Angeloni, entre o gerente de futebol Giuliano Bittencourt e o vice-presidente de Patrimônio, Vilmar Casagrande. Penso que é preciso ter calma e muita serenidade na hora de contornar a situação. Casagrande não deve fazer cobranças diretas ao técnico Hemerson Maria. Se quiser fazer, que o faça diretamente ao vice de futebol. Quanto ao Giu é momento de ter paciência e saber ouvir.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.