Por ora, não cai!

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Sete jogos, quatro empates e três derrotas. Hermerson Maria balança, mas não cai. Mas sabemos que é questão de tempo, afinal a corda sempre arrebenta do lado do treinador. Até mesmo a campanha do ano passado joga ainda mais pressão em cima do comandante. Somando ao tempo que ficou sem ganhar, ainda sob o comando do técnico Itamar Schulle, o Tigre chegou a marca de 15 jogos sem conhecer uma vitória. O torcedor não aguenta mais tanto sofrimento. Com esse cenário e conhecendo a capacidade ofensiva do Tigre, é quase impossível imaginar uma recuperação imediata. E o problema é que o time carvoeiro precisa de uma guinada para “ontem”. Essa pressa dificulta ainda mais o caminho tricolor. A vida é bem dura para o técnico Hemerson Maria. O jogo de quarta-feira contra o Próspera é de vida ou morte para o time e principalmente para a comissão técnica.

Injustiça 

- PUBLICIDADE -

Um dos piores sentimentos é o de injustiça. É exatamente esse sentimento que ainda prevalece no Próspera, após o empate contra o Avaí. O pênalti marcado a favor do Leão da Ilha foi um tremendo erro de arbitragem. Obviamente que o Time da Raça tem menos qualidade do que o Avaí, mas se o primeiro tempo vira com vantagem de 1 a 0 para a equipe de Paulo Baier, a história poderia ser outra no final da partida. Faz parte do jogo, mas esses dois pontos a mais que poderiam ser computados ao Próspera farão muita falta na briga contra o descenso do Catarinão.

Teimosia

Me soa como pura teimosia o técnico Hémerson Maria insistir que o volante Moacir é um meia de armação. Ora, seu Maria, é óbvio que o Moacir ocupa um espaço mais avançado em campo, porém está longe de ser um meia armador. Então, no final das contas, o jogador acaba fazendo uma função que não é a dele e prejudicando o restante da equipe.

Não dá mais

A paciência do torcedor carvoeiro já foi para o espaço. Não escapa um jogador das críticas da torcida. Com o volante Eduardo a situação é ainda pior, até porque o jogador tem contribuído para receber a cobrança. Eduardo está devendo e merece sair do time.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.