Vacinas vencidas contra a Covid-19 não foram aplicadas em Criciúma

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o lote 4120Z005, da AstraZeneca, chegou no município no dia 02 do mês de fevereiro/2021 e foi utilizado inteiramente no período de uma semana

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

A prefeitura de Criciúma publicou uma nota de esclarecimento sobre a aplicação de vacinas contra o coronavírus, vencidas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o lote 4120Z005, da AstraZeneca, chegou no município no dia 02 do mês de fevereiro/2021 e foi utilizado inteiramente no período de uma semana, meses antes da data de validade, marcada para o dia 14 de abril.

Nota de esclarecimento

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura Municipal de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que não foram aplicadas doses vencidas de vacina contra a Covid-19 na população.

O lote 4120Z005, da AstraZeneca, chegou no município no dia 02 do mês de fevereiro/2021 e foi utilizado inteiramente no período de uma semana, meses antes da data de validade, marcada para o dia 14 de abril. A Administração Municipal ainda ressalta que todas as pessoas imunizadas contra a Covid-19 receberam o imunizante dentro do prazo de validade, não havendo necessidade da população se dirigir até a Unidade de Saúde.

O Governo de Criciúma desconhece a origem e os critérios das informações apuradas e divulgadas em reportagem da Folha De São Paulo, publicada na tarde desta sexta-feira (2). Em nenhum momento a prefeitura foi procurada oficialmente pelo veículo, para esclarecimentos.

A Secretaria Municipal de Saúde afirma também que todas as doses de vacina que chegam na cidade são sempre imediatamente aplicadas, conforme plano municipal de imunização, geralmente, em menos de uma semana.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.