Vacinação em SC: semana começa com chegada e distribuição de novas doses

Estado recebe duas remessas, totalizando 167.690 novas doses. Destas, 140.590 serão encaminhadas aos municípios para aplicação da primeira dose (D1)

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina começa a distribuir nesta terça, 10, as doses da vacina contra a Covid-19 que chegaram na segunda, 9. O estado recebeu duas remessas, totalizando 167.690 novas doses, sendo 54.200 da Coronavac e 113.490 doses da vacina Pfizer. Deste total, 140.590 serão encaminhadas aos municípios catarinenses, para aplicação da primeira dose (D1).

Nesta terça, no período da tarde, recebem as doses as centrais regionais da Grande Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Blumenau e Itajaí. O envio das doses para as demais centrais regionais ainda será confirmado devido às condições meteorológicas que não estão favoráveis para decolagem do avião do Corpo de Bombeiros Militar.

- PUBLICIDADE -

As doses desta remessa serão utilizadas para dar continuidade à vacinação por faixa etária, de forma decrescente, avançando para os adultos com idade entre 29 e 25 anos, e também para a vacinação da população dos grupos prioritários ainda não vacinada.

Com mais essas remessas, Santa Catarina soma um total de 6.841.510 doses recebidas desde o início da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Vacinas para segunda dose também são distribuídas

Nesta distribuição, também serão encaminhadas a onze municípios catarinenses 25.740 doses da vacina Pfizer, para aplicação da segunda dose (D2) dentro do intervalo recomendado, que é de 12 semanas. As vacinas serão encaminhadas para os municípios de Blumenau (3.510 doses), Brusque (2.340 doses), Criciúma (3.510 doses), Biguaçu (1.170 doses), Palhoça (1.170 doses), São José (2.340 doses), Balneário Camboriú (2.340 doses), Itajaí (3.510 doses), Jaraguá do Sul (2.340 doses), Joinville (2.340 doses) e Tubarão (1.170 doses), para garantir que os esquemas vacinais iniciados em 19 de maio sejam concluídos.

Entre sábado, 7, e segunda, 9, também foram encaminhadas 187.775 doses da vacina AstraZeneca e 25.740 da Pfizer para uso como segunda dose (D2) aos municípios catarinenses, conforme Nota Técnica 39.

População precisa ficar atenta à segunda dose

Levantamento realizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) na última segunda, 9, mostra que 147.031 pessoas que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 não retornaram, no tempo adequado, para tomar a segunda dose. Deste total, 84.056 são de pessoas vacinadas com a AstraZeneca e 62.975 de pessoas vacinadas com a Coronavac. Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SiPNI), do Ministério da Saúde.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, vê esse número com preocupação, tendo em vista
que tomar as duas doses da vacina, concluindo o esquema vacinal, é fundamental para que as pessoas fiquem protegidas. “Com a identificação dos primeiros casos da variante Delta no estado, é de extrema importância que a população conclua o esquema vacinal. Somente com a vacinação concluída, com as duas doses, vamos conseguir reduzir os casos graves, além de hospitalizações e óbitos pela Covid-19”, avaliou o superintendente.

O estado também recomenda que os municípios orientem a população sobre a importância de retornar para a aplicação da segunda dose e que, se necessário, realizem busca ativa das pessoas que não voltarem no prazo adequado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.