Vacina Contra a Fome: três toneladas de alimentos já foram arrecadadas

Ação solidária segue sendo feita em Criciúma e a logística consiste na doação de alimentos não perecíveis paralelo à aplicação da vacina contra Covid-19

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Governo de Criciúma, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, aderiu à Campanha Vacina Contra a Fome, da Federação Catarinense de Munícipios (Fecam). Até o momento mais de três toneladas já foram arrecadadas. O objetivo é coletar, nos locais de vacinação, alimentos não perecíveis e cestas básicas, que serão entregues às famílias em situação de vulnerabilidade social na cidade. A doação é voluntária, e para realizá-la basta levar sua contribuição na hora de ser imunizado.

O secretário de Assistência Social, Bruno Ferreira, falou da importância da campanha e solicita que todos continuem fazendo suas doações.  “Muitas famílias sofreram impactos em suas rendas por causa da pandemia. O município tem programas de auxílio à estas pessoas, mas a participação da comunidade é sempre fundamental”, afirmou. Quem ainda não está entre os grupos de vacinação, mas quer ajudar, também pode. “Toda colaboração é bem-vinda e terá destinação correta, que é a mesa daqueles que precisam”, ressaltou.

- PUBLICIDADE -

Segundo Ferreira, os pontos de coleta são as 46 salas de vacinação, e a iniciativa acontece em parceria com a Secretaria de Saúde. Assim que um número expressivo de alimentos é reunido, os técnicos em saúde comunicam uma equipe da assistência social, responsável por buscar as contribuições. A iniciativa seguirá até o fim da campanha de vacinação contra o coronavírus. Na última terça-feira (22), a imunização na cidade atingiu a marca de 100mil doses aplicadas.

Cadastro no Cras

A distribuição é feita para as famílias socialmente vulneráveis, que estão cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Para realizar o cadastro, as pessoas devem procurar o Cras mais próximo de sua casa, levando documento de identidade, CPF e comprovante de residência.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.