Urussanga: próxima semana inicia projeto coleta consciente

O projeto visa conscientizar a população sobre a necessidade de descarte consciente de óleo doméstico

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A partir da próxima semana a Fundação Ambiental Municipal de Urussanga (FAMU) inicia o projeto de Coleta de óleo de cozinha e lixo eletrônico.

O projeto visa conscientizar a população de Urussanga sobre a necessidade de descarte consciente de óleo doméstico. Prevê também o descarte de equipamentos eletrônicos inservíveis.

- PUBLICIDADE -

Com o elevado uso de equipamentos eletrônicos no mundo moderno, este tipo de lixo tem se tornado um grande problema ambiental quando não é descartado em locais adequados.

A campanha se iniciou no dia 05 e vai até 09 de abril.

Os munícipes que tiverem óleo de cozinha e lixo eletrônico poderão descartar na edificação do San Gennaro no Parque Municipal de Urussanga, nos seguintes horários: 08h às 11h30 e das 13h às 17h.

Materiais que podem ser Recolhidos:

Óleo de cozinha ou óleo comestível

O óleo de cozinha é uma gordura vegetal, animal ou sintética

Lixo Eletrônico

Equipamentos eletrônicos descartados ou obsoletos, cujo o funcionamento depende do uso de corrente elétrica e podem ser divididos em quatro categorias:

  • Linha Branca: refrigeradores, congeladores, fogões, lavadoras de roupa e louça, secadoras, condicionadores de ar, etc.
  • Linha Azul: batedeiras, liquidificadores, ferros elétricos, furadeiras, secadores de cabelo, aspiradores de pó, cafeteiras, etc.
  • Linha Marrom: monitores e televisores de tubo, plasma, LCD e LED, aparelhos de DVD e VHS, equipamentos de áudio, filmadoras, etc.
  • Linha Verde: computadores, desktop e laptops, acessórios de informática, tablets, telefones, celulares, etc
Foto: Divulgação
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.