UPA do Rio Maina deve ser entregue neste semestre

Obras estão em fase avançada de conclusão e devem ser finalizadas em dois meses. Depois, a estrutura será equipada

Foto: Guilherme Cordeiro/ TN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O ano de 2021 já inicia com boas notícias envolvendo a área da saúde em Criciúma. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Distrito de Rio Maina caminha para mais próxima da realidade. As obras na antiga Policlínica da localidade devem ser concluídas dentro de dois meses, a partir daí, a estrutura será equipada para atender a população, possivelmente, ainda neste semestre.

- PUBLICIDADE -

“O nosso planejamento estratégico de conclusão das obras e da compra dos equipamentos e móveis é para esse semestre. Vamos deixar ela pronta”, enfatiza o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande. As obras já estão em um estágio avançado de acabamento. “Mais dois meses e as obras físicas se concluem, em paralelo a isso, estamos fazendo o processo licitatório para compra dos móveis e equipamentos”, acrescenta.

Na estrutura da antiga Policlínica, novas instalações elétricas e hidráulicas e redes de comunicação foram todas revitalizadas. “Também estamos fazendo a análise de custeio. Por isso, o prefeito e o secretário Vaguinho (Vagner Espíndola Rodrigues) estão em Brasília. Já solicitamos via sistema, a habilitação para o Ministério de Saúde nos ajudar com o financiamento de custeio, como já é na UPA de Próspera”, explica Casagrande.

A unidade, localizada na rua Santos Uggioni, também disponibilizará à população salas com raio-x digital, eletrocardiograma e laboratórios de exames. Além disso, também será especializado em casos de urgência e emergência. “Essa obra representa salvar vidas e uma qualidade no atendimento humanizado e mais rápido nos casos de urgência. Então nós vamos ter lá três médicos clínicos, durante o dia, e atendendo e à noite, dois profissionais. Com raio-x, ultrassom e salas de pequenas cirurgias. Vai ser um avanços para as urgências”, acrescenta Casagrande.

A empresa Engetom Construção Civil, vencedora do processo de licitação, é responsável pela reforma de 891 m² e ampliação de 262 m² no local. O orçamento do projeto e execução dele até o momento custou aproximadamente R$ 2 milhões. A intenção, após a obra ser concluída efetivamente, é diminuir os atendimentos na UPA da Próspera. Desta forma, a nova unidade do Rio Maina terá capacidade para atender até seis mil pessoas mensalmente.

Nova policlínica está perto de sair do papel

A exemplo da UPA, que garantirá um atendimento mais amplo e eficaz no município, a prefeitura anunciou durante essa semana que Criciúma também terá uma Policlínica. E, possivelmente, deverá ser instalada no bairro Santa Bárbara. “O local não está bem definido ainda. Estamos estudando com o prefeito qual será o melhor local, mas é naquela região, assim fica no meio da cidade”, enfatiza o secretário.

O espaço será exclusivamente um centro de especialidades, diferente da UPA, que é uma emergência. “Ali teriam todos os especialistas com diagnóstico. Então o clínico geral do posto de saúde vai encaminhar para o especialista, o especialista vai atender e depois vai fazer todos os diagnósticos. Os exames laboratoriais, raio-x e ultrassom. Assim, o paciente já sai com o tratamento”, finaliza Casagrande.

A empresa Paulo Zuan Benedetti Chenso venceu a licitação apresentando o valor global de R$ 88.192,00. A proposta foi avaliada pela Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, que divulgou no Diário Oficial do município. Atualmente, o processo licitatório será avaliado pelo prefeito Clésio Salvaro, para após ser homologado. Dois terrenos são analisados pela administração e pela Secretária Municipal de Saúde.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.