Treviso: A busca por um parque industrial

Intenção da Administração Municipal é encontrar uma área disponível para a construção do completo. Objetivo é atrair investidores e mais emprego

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Treviso

- PUBLICIDADE -

Enquanto se preocupa com o futuro da mineração, a Administração Municipal de Treviso trabalha em alternativas para a economia da cidade. A intenção do prefeito Valério Moretti (MDB) é encontrar uma área, na cidade, para construir um parque industrial. “Temos a preocupação de tentar conseguir uma área para fazer esse parque. Assim, vamos atrair investidores e dar emprego para quem precisa. Amanhã ou depois, quando a mineração tiver problema, a gente precisa estar bem estruturados”, ressalta.

A ideia é vista com bons olhos por especialistas como o professor e coordenador do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação da Unesc, Thiago Rocha Fabris. “Pensar em atrair outras empresas. Essa é a ideia. Tem algumas potencialidades a explorar ali. O município precisa de uma substituição, à medida que a extração do carvão vai diminuindo”, comenta.

Desta forma, o mercado de trabalho da cidade começaria a expandir. Hoje, ele é considerado estagnado. “O mercado de trabalho de Treviso não admite muita gente. Ele é estagnado. Entre 2020 e 2021, o saldo de empregos foi de 42 postos gerados apenas. Não há muita rotatividade na parte de emprego”, adverte o professor.

Por outro lado, remuneração per capita, quando comparada com outros municípios, é conseiderada alta, entretanto, há um ponto de atenção considerado pelo professor. “Ela (Remuneração per capita) é bem maior porque fica concentrada em um único setor. Precisa tomar cuidado com isso: não é uma economia diversificada”, diz.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.