Suspeito do latrocínio de taxista de Içara é preso em São Paulo

Polícias Civis de São Paulo e Santa Catarina agiram em conjunto para efetuar a prisão

Foto: Polícia Civil
- PUBLICIDADE -

Içara / São Paulo

Após investigações conduzidas pela Polícia Civil, com apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP), um suspeito de 32 anos foi identificado e é suspeito de estar envolvido no latrocínio do taxista Paulo Marques, de Içara. Pouco mais de um mês depois do crime, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do suspeito, tendo as investigações apontado que ele fugiu para o Estado de São Paulo e estaria internado em uma clínica em Itapecerica da Serra, São Paulo. Após a troca de informações, a Polícia paulista efetuou a prisão do investigado. O suspeito será transferido para Santa Catarina, onde será interrogado.

- PUBLICIDADE -

Relembre o caso

O taxista Paulo Marques, de Içara, foi encontrado morto na Linha Cabral, localidade entre Criciúma e Morro da Fumaça,  dia 31 de março. Paulo taxista, como era conhecido, estava desaparecido desde que saiu de casa para atender um chamado de um suposto cliente.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.