SP: Conselho de Enfermagem apura denúncias de fraude na vacinação

Irregularidades referem-se ao processo de administração do imunizante

Foto: Agência Brasil/Rovena Rosa
- PUBLICIDADE -

O Conselho de Enfermagem do Estado de São Paulo (Coren-SP) está apurando 51 denúncias de fraude na vacinação contra a covid-19 no estado de São Paulo. Segundo a entidade, para todos os casos, foram abertas sindicâncias para investigação, que estão em andamento sob sigilo processual.

Alegando que haveria quebra do sigilo, o Coren-SP não detalhou as condutas que podem configurar fraude, mas afirmou que as denúncias se referem ao procedimento da administração da vacina. Casos noticiados pela imprensa e divulgados em redes sociais já levantaram dúvidas sobre a presença de imunizante na vacina ou sobre sua correta aplicação.

- PUBLICIDADE -

As cidades que mais tiveram denúncias no conselho foram São Paulo, com 21 casos, Jacareí, com três, e Cotia, Franco da Rocha, Santos e Taboão da Serra, com duas cada.

“Após a averiguação dos fatos, se forem constatados indícios de infração ética pelo Coren-SP, será instaurado um processo ético-profissional. O profissional envolvido será notificado para manifestar a sua versão do fato, garantido o direito de defesa”, informou o conselho.

Em caso de confirmação da infração denunciada, os envolvidos podem receber advertência, multa, censura, suspensão temporária ou cassação do exercício profissional.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.