Saiba quando Florianópolis passará a exigir passaporte de vacinação

Comprovante de imunização será apresentado por meio do aplicativo Conecte SUS ou pelo cartão de vacinação emitido pela prefeitura

Aplicativo Conecte Sus.

- PUBLICIDADE -

A prefeitura de Florianópolis deve publicar um decreto ainda nesta quarta-feira, 27, no qual estabelece a criação do passaporte de vacinação. O comprovante de imunização contra a Covid-19 será exigido em locais de grande fluxo de pessoas a partir do dia 16 de novembro.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Em eventos com público acima de 500 pessoas, como baladas, shows, feiras, congressos e jogos, o cliente deverá comprovar que completou o esquema vacinal pelo aplicativo Conecte SUS ou pelo cartão de vacinação emitido pela Secretaria de Saúde municipal.

Assim, é importante que os moradores já baixem o aplicativo ou deixem uma foto do comprovante de vacinação no celular por garantia.  Além dos clientes, quem estiver trabalhando nos estabelecimentos também deverá apresentar o comprovante.

Os adultos acima de 18 anos deverão apresentar o esquema vacinal completo, ou seja, as duas doses da vacina contra a Covid ou a dose única da Janssen. Já os adolescentes de 12 a 17 anos deverão ter, no mínimo, a primeira dose.

Por que o passaporte?

No início de novembro, o prefeito Gean Loureiro (DEM) anunciou o “Verão da Virada”, com regras e medidas para a temporada, entre eles o passaporte de vacinação. Conforme o prefeito, outros comércios e eventos menores que desejam exigir o comprovante da imunização serão beneficiados com um selo de “Local Seguro”, que ficará exposto em frente ao estabelecimento e divulgado no site da prefeitura.

“As pessoas se sentirão mais seguras sabendo que está em um local que exige que as demais estejam vacinadas, é algo natural. Não iremos obrigar, mas vamos estimular”, afirmou Loureiro. Além disso, a exigência incentiva que os mais jovens tomem a vacina, de acordo com a prefeitura. A exigência da norma já é realidade em pelo menos 249 municípios, segundo levantamento da CNM (Confederação Nacional de Municípios).

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.