Rodovia dos Trilhos receberá ciclofaixa em Içara

Aditivo no contrato foi um repasse do Governo do Estado ao município de Içara

Divulgação

- PUBLICIDADE -

A prefeita de Içara, Dalvania Cardoso, assinou um aditivo no valor de R$ 2.051.117,71 para alargamento da rodovia Manoel Gregório Pacheco e posterior construção de uma ciclofaixa ao longo dos 6,3 quilômetros de pavimentação da estrada. A conhecida Rodovia dos Trilhos está em obras de pavimentação e será o terceiro acesso a Içara. A via conecta o Anel Viário, passando pelo Centro da cidade, pela Vila Esperança, até chegar à BR 101.

“Este valor de mais de dois milhões de reais será acrescido ao convênio de pavimentação já existente para incluir o alargamento da pavimentação via e construção da ciclofaixa que anteriormente não estava prevista. O município está preocupado com a segurança da via, por isso buscou o aporte junto ao Governo do Estado e fomos atendidos”, disse o gestor de convênios da prefeitura de Içara, Israel Rabelo.

- PUBLICIDADE -

A obra inicial recebeu um repasse de R$ 8,5 milhões do Governo do Estado e agora com esse aditivo o recurso passa a ser de R$ 10.051.117,71. O município entra com recursos próprios no valor de R$ 1,2 milhão. “As ciclofaixas deixam os ciclistas mais confortáveis, elas transitam com maior segurança. Acaba obrigando os carros a dirigir de maneira mais cuidadosa, protegendo tanto os ciclistas, pedestres, quanto os outros carros”, disse a prefeita de Içara, Dalvania Cardoso.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, o PL encaminhado pelo governo observa os princípios da liberdade de expressão, de comunicação e manifestação de pensamento, previsto na Constituição Federal, “de forma a garantir que as relações entre usuários e provedores de redes sociais ocorram em um contexto marcado pela segurança jurídica e pelo respeito aos direitos fundamentais”.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.