Reunião definirá critérios para retomada da vacinação por idade em SC

Gestores municipais e estaduais decidem ordem e grupos iniciais para retomar vacinação por idade; encontro marcado para sexta foi adiado para esta semana

Foto: Cristiano Estrela / Secom
- PUBLICIDADE -

A retomada da vacinação por faixa etária contra a Covid-19 em Santa Catarina foi anunciada na última quinta-feira (27) pelo governador Carlos Moisés.

Os critérios para a imunização por idade ainda serão acordados nesta semana em reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite de Santa Catarina).

- PUBLICIDADE -

Os gestores estaduais e municipais que integram a CIB definirão os grupos iniciais, critérios e a forma mais adequada para retomar a vacinação por idade.

A princípio, ocorrerá em paralelo aos grupos prioritários, onde a demanda para este último grupo tenha sido extinta ou seja menor, e deve começar por quem tem 59 anos, em ordem decrescente.

Conforme a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), o encontro estava marcado para a última sexta-feira (28), mas precisou ser adiado para esta semana. Até a manhã deste domingo (30), ainda não havia data definida.

O Ministério da Saúde também ressalta a necessidade de consulta aos municípios antes do aval. Em coletiva realiza na tarde desta sexta-feira (28), o órgão detalhou que a demanda para retomar a vacinação do grupo veio, principalmente, dos municípios menores, que já concluíram a vacinação dos grupos prioritários.

Vacinação

Por enquanto, as campanhas em Santa Catarina seguem restritas aos grupos prioritários. São vacinados em Santa Catarina pessoas de 18 a 59 anos de idade portadoras de comorbidades e de deficiência permanente grave, trabalhadores de educação, população privada de liberdade.

Assim como agentes das forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, pessoas em situação de rua, trabalhadores do transporte aéreo e portuário.

Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.