Programa Defesa Civil é implantado em três Escolas de Criciúma

Objetivo é formar estudantes e professores para atuar de forma eficaz na gestão de risco de desastres

- PUBLICIDADE -

Em ato oficial, realizado nesta sexta-feira (04), o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, assinou o termo de adesão do programa Defesa Civil na Escola. O projeto será, inicialmente, desenvolvido nas escolas municipais Jorge da Cunha Carneiro, Hercílio Amante e Casemiro Stachurski, e tem como objetivo promover ações no ambiente escolar que ampliem a resiliência de estudantes frente à ocorrência de eventos adversos.

“Dados mostram que o nosso estado é o terceiro do Brasil que mais sofreu prejuízos causados por desastres naturais em 20 anos, por isso a importância de termos um programa que trate sobre o assunto e ensine os alunos a como lidar nessas situações aqui no município”, disse Salvaro.

- PUBLICIDADE -

Na oportunidade, também participaram representantes da Secretaria Municipal de Educação e Defesa Civil de Santa Catarina e Criciúma. “O nosso objetivo é expandir o programa para outras escolas da rede, porque queremos abordar essa questão dos desastres com todos os alunos do município”, destacou o secretário de Educação, Miri Dagostim.

Formação

“Os professores inseridos no programa receberão formação com orientações da Defesa Civil. Além disso, terão acesso a um sistema do órgão, onde há sugestões de atividades práticas para a abordagem em sala de aula”, explicou a coordenadora Geral Pedagógica, Silvana Alves Bento Marcineiro.

Programa

O projeto surgiu em 2014 em três escolas estaduais dos municípios de Xanxerê, Criciúma e Rio do Sul, com alunos entre 12 a 14 anos. “De lá para cá, viemos estudando, aperfeiçoando e reconstruído esse programa e já avançamos em todas as regiões de Santa Catarina”, destacou o coordenador Regional de Defesa Civil Estadual, Rosinei de Silveira,

Pioneira

Criciúma também foi precursora de outro programa similar. “Nós fomos pioneiros no projeto Defensor da Vida que atuou em 100% nas escolas municipais em 2017,2018 e 2019, levando capacitação de primeiros socorros, de brigada de incêndio e em situações de eventos climáticos”, comentou o diretor da Defesa Civil de Criciúma, Alfredo Gomes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.