Professor da Unesc, é finalista nacional do Prêmio Confap

Felipe Dal Pizzol está entre os três indicados na categoria Ciências da Vida. Vencedores serão conhecidos em 9 de dezembro, em evento no Paraná

Foto: Daniela Savi

- PUBLICIDADE -

O professor Felipe Dal Pizzol é um dos finalistas do Prêmio Confap de Ciência, Tecnologia e Inovação, Prêmio Professor Francisco Romeu Landi. Dal Pizzol, que é professor doutor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da Unesc, havia sido o primeiro colocado na seletiva estadual como o Pesquisador Destaque na categoria Ciências da Vida, na etapa promovida pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Santa Catarina (Fapesc).

O resultado da seleção nacional, que apontou os três pesquisadores destaques de cada categoria em todo o Brasil, foi conhecido no início da noite desta sexta-feira (26/11). Dal Pizzol disputa o prêmio máximo, como indicado pela Fapesc, com os professores Luis Augusto Paim Rohde, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Ricardo Tostes Gazzinelli, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

- PUBLICIDADE -

“Trata-se de mais um grande reconhecimento à excelência da pesquisa que é desenvolvida na Unesc, uma das marcas da nossa Universidade comunitária, de contar com pesquisadores de ponta como o professor Felipe Dal Pizzol, algo que muito honra a Unesc e, também, reforça o papel de vanguarda da instituição com a pesquisa que confere promoção de qualidade de vida aos cidadãos”, pontua a reitora Luciane Bisognin Ceretta.

Assim que a indicação de Dal Pizzol para a final nacional foi anunciada, o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, comunicou a reitora Luciane Ceretta e também o professor finalista, transmitindo os parabéns em nome do ecossistema científico catarinense.

Pesquisador de vanguarda na Covid-19

A indicação de Felipe Dal Pizzol resulta de todo o montante de pesquisas desempenhado pelo professor em toda a sua trajetória profissional, com especial ênfase para as ações dos últimos anos. De 2020 para cá, Dal Pizzol notabilizou-se como um dos principais pesquisadores do Brasil em relação à Covid-19, suas repercussões e tratamento.

A final nacional será em 9 de dezembro em cerimônia durante o Fórum Nacional Confap em Foz do Iguaçu, no Paraná, evento que contará com transmissão ao vivo pelo canal do evento no Youtube. Os vencedores do prêmio receberão certificados de premiação, troféus e um valor em dinheiro.

Na seletiva estadual, desenvolvida pela Fapesc, Dal Pizzol ficou à frente dos também finalistas Aleksandro Schafer da Silva, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e Roger Walz, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Na soma das seis categorias, são 18 finalistas na etapa nacional. Felipe Dal Pizzol é um dos três catarinenses relacionados. Os outros pesquisadores do estado são Aloisio Nelmo Klein, da UFSC, na categoria Ciências Exatas, e Eonir Teresinha Melgaresi, da Epagri, na categoria Profissional de Comunicação.

Ainda na etapa estadual do Prêmio Confap, o professor doutor Alexandre Gonçalves Dal Bó, também da Unesc, ficou entre os finalistas da categoria Pesquisador Inovador, terminando em terceiro lugar em Santa Catarina.

Outras premiações

O professor Felipe foi destacado, em setembro, no ranking dos pesquisadores mais influentes da América Latina apurado no AD Scientific Index, um sistema internacional de aferição da produção científica. Felipe apareceu em 102º lugar entre os pesquisadores do Brasil e em 138º entre os latino americanos.

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ele ingressou na Unesc em 2000 e desde então desempenha inúmeras pesquisas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.