Planetário de Criciúma é tema de encontro com o ministro Marcos Pontes

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações conheceu o projeto, apresentado pelo prefeito Clésio Salvaro

Foto: Jhulian Pereira

- PUBLICIDADE -

Um projeto que deve despertar o interesse das gerações para a ciência, foi apresentado na última terça-feira (14) para o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes. A implantação de um observatório astronômico em Criciúma foi apresentada pelo prefeito Clésio Salvaro, juntamente com o secretário de Educação Miri Dagostim, em uma reunião virtual com o Ministério. O encontro foi viabilizado pela deputada federal Geovânia de Sá, e contou ainda com a presença do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Governo Federal, Paulo Cesar Rezende de Carvalho Alvim.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

O planetário de Criciúma deve refletir em vários benefícios no âmbito educacional, visto que os alunos nascem em um mundo cada vez mais tecnológico”, ressaltou o prefeito, lembrando ainda que o município já tem realizado uma série de investimentos voltados ao futuro das gerações, como a implantação das salas makers e as aulas de robótica. Durante a reunião, Salvaro destacou, ainda, a boa performance de alunos do município na Olimpíada Brasileira de Astronomia, com 36 medalhas, e apresentou um projeto que pretende adquirir três telescópios para equipar o observatório na cidade, com o objetivo de aumentar o interesse dos jovens por astronomia e ciência em geral.

Viabilidade do projeto

O ministro Marcos Pontes afirmou que é possível uma cooperação do Ministério com a implantação do planetário, e apresentou o Espaço Inovação MCTI como uma forma possível para a colaboração da pasta, com exposições, salas de aulas, espaços makers e mentoria de órgãos parceiros. “Temos várias possibilidades de projetos que podemos desenvolver juntos. Se tivermos mais espaços como esses espalhados pelo país, com certeza mudaremos o cenário da formação dos jovens”, acrescentou.

No encontro, ficou definida a criação de um grupo de trabalho, formado por representantes da Secretaria de Educação de Criciúma e do Ministério, para discutir os projetos de implantação do Planetário e a forma de auxílio do Governo Federal. “Vamos elaborar um ofício apresentando todos os equipamentos necessários e suas características técnicas. Esse documento será encaminhado ao Ministério, que a partir de agora, passa a discutir o projeto junto ao município”, destacou o secretário de Educação de Criciúma, Miri Dagostim.

A deputada Geovânia de Sá, que intermediou o contato com o Ministério, está engajada no projeto junto ao município. “As crianças de hoje serão nossos profissionais no futuro. Precisamos preparar estes alunos para o amanhã e despertar neles o prazer e a curiosidade pela ciência. Vamos, juntos, com a administração do prefeito Clésio Salvaro, em busca de recursos para concretizar este projeto para Criciúma”, concluiu.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.