Obras no aeroporto de Forquilhinha custarão R$ 12,7 milhões

Prado & Prado, com sede no Paraná, irá realizar a revitalização do local. Previsão é de que fique pronta em seis meses

Foto: Lucas Colombo / Arquivo TN

- PUBLICIDADE -

Érik Borges

Forquilhinha

- PUBLICIDADE -

A empresa Prado & Prado, com sede em Cascavel, no Paraná, é a empresa vencedora da licitação que visa a realização de obras para revitalizar o aeroporto Diomício Freitas, em Forquilhinha. A homologação acontece hoje. Prevista inicialmente em aproximadamente R$ 13 milhões, as obras ficaram orçadas no valor de R$ 12,7 milhões para a empresa vencedora.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Na disputa estavam ao menos cinco empresas. Três delas são da região e as demais são de fora do Estado. A empresa Prado & Prado realizará os trabalhos de ampliação da espessura da pista de pouso e decolagem; revitalização da iluminação e todo cerceamento do aeroporto. De acordo com o prefeito de Forquilhinha, José Cláudio Gonçalves (Neguinho), o objetivo principal com a realização dessas obras é de, posteriormente, pleitear voos comerciais no local.

Atualmente apenas voos fretados acontecem no aeroporto. “São poucos voos que acontecem e nós temos que ir por etapas. Se for homologada a licitação, eles vão entregar o serviço em aproximadamente seis meses. Essa é a expectativa para ficar tudo pronto”, projeta o prefeito Neguinho.

Ele diz que pretende mobilizar toda a classe política, comercial e empresarial da região para que aconteça a volta de voos comerciais ao Aeroporto Diomício Freitas. “Esse é o nosso maior objetivo. Hoje não temos mais voo comercial. Apenas aeronaves particulares pequenas”, completa Neguinho.

Compra de equipamentos

Paralelo a isso, em outro processo licitatório, está sendo providenciada a compra de novos equipamentos no valor de R$ 2,5 milhões para o aeroporto. Eles servirão para as aterrissagens e decolagens com auxílio da tecnologia. Atualmente, os pousos são feitos de forma visual.

“Isso vai acabar com o problema da neblina na pista. Porque será monitorado por equipamentos e não somente por pessoas”, explica Neguinho.

Veja os trabalhos que estão previstos para serem realizados no aeroporto Diomício Freitas:

– Alargamento da espessura da pista de pouso e decolagem;

– Revitalização da iluminação

– Cerceamento do aeroporto

– Instalação de equipamentos para auxiliar os pilotos a aterrissarem e decolarem os aviões

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.