Nova Veneza: projeto oferece assistência às gestantes carentes

Projeto Gestar, da AFAVE produz kits enxoval para mães em situação de vulnerabilidade social e econômica

Foto: Divulgação/ Lucas Sabino
- PUBLICIDADE -

Um grupo de monitoras e voluntárias da Associação Feminina de Assistência Veneziana (AFAVE), se dedica na confecção de enxovais para gestantes carentes de Nova Veneza. O kit maternidade é composto por itens necessários para os primeiros meses de vida da criança como roupas, fraldas, cobertores e lençóis.

De acordo com a presidente de honra da AFAVE, Neni Frigo, foram confeccionados, até este mês, 12 kits. “Este momento da vida da mãe e do bebê é muito importante e por isso a nossa Associação vem realizando este trabalho para dar mais qualidade de vida para eles. E todo o enxoval é feito com muito carinho e atenção por parte das nossas monitoras e voluntárias”, comenta.

- PUBLICIDADE -

Para as mães que desejam participar do projeto, necessitam ir até a Associação e fazer um cadastro com a assistente social. “É importante que elas estejam com o pré-natal completo para poderem participar do projeto e receber o kit de enxoval. Por isso, ao longo do ano, conforme a demanda, mais conjuntos são confeccionados”, explica a presidente.

A vice-presidente de honra da Associação, Nina Milanez, comenta o importante trabalho de assistência que vem sendo realizado. “A nossa entidade tem como objetivo auxiliar as pessoas que mais precisam no nosso município. E estar presente em um momento tão lindo na vida de uma mulher, isso nos enche de orgulho. A cada kit entregue, nos dá a sensação de dever cumprido”, afirma.

A AFAVE está localizada na rua Antônio Remor, 335, no centro e está aberta de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.