Nova marca vem para alavancar o turismo em Urussanga

O Governo do município, juntamente com as Diretorias de Turismo e Cultura e Governança de Turismo, apresentam a nova marca Turística

Foto: Divulgação/ Nayglon Goulart
- PUBLICIDADE -

Nesta quarta-feira, 11, o Governo Municipal de Urussanga, juntamente com as Diretorias de Turismo e Cultura e Governança de Turismo, apresentaram à imprensa a nova marca, para alavancar o turismo no município.

Realizada em parceria com o Sebrae/SC, a marca turística da cidade faz parte de uma série de ações que estão sendo desenvolvidas para alavancar o setor de turismo. Esta nova identidade visual tem o intuito de fortalecer os seus pontos fortes de Urussanga, tornando referência nacional na cultura italiana e assim atrair novos turistas, movimentando a economia da cidade e desenvolvendo ainda mais todos os setores da cidade, principalmente o gastronômico.

- PUBLICIDADE -

A consultora do Sebrae, Graziella Carrara, também antecipa que os pontos fortes destacados no projeto são a produção de são os bons vinhos, além da cultura e identidade italiana.

No processo de construção da marca a pesquisa demonstrou que Urussanga, além de Capital Catarinense do bom vinho e berço da Indicação Geográfica da Uva Goethe, possui o conjunto arquitetônico de referência da imigração italiana mais íntegro e mais representativo do Estado de Santa Catarina: são 18 edificações tombadas na zona urbana central e outras 6 edificações na zona rural.

Foi destacamos também a forte presença da religiosidade, da gastronomia e das festividades locais como ativos que reafirmam a cultura e identidade italianas.Para além desses ativos, identificamos as águas dos rios que conformam a cidade, como elemento natural, que torna o território único.

A hospitalidade foi atribuída ao povo do município e identificada pela pesquisa. Aqui o turista se sente acolhido e em casa, enfatiza Graziella Carrara.

Para representar graficamente o que foi exposto até aqui, partimos da taça do vinho. Ativo já consagrado pelo título de Capital Catarinense do Bom Vinho e pela IG da Uva Goethe

A taça acolhe as águas dos rios que conformam a cidade. O sobrado Nichele (1907) e a casa de Ivanir Cancellier (1899) representam a história e o legado italiano valorizado.

A igreja matriz Nossa Senhora da Conceição (1923) localizada no ponto mais alto da praça Anita Garibaldi e o campanário (1923) que marca o tempo dos habitantes de Urussanga.

Assim, essa marca pretende identificar e diferenciar o município, impulsionando o turismo, os investimentos e as exportações, bem como reforçar o sentimento de pertencimento à coletividade e orgulho do seu povo por meio das mais variadas expressões.

O desafio agora prevê a implementação da marca pelo grupo gestor, formado de representantes da iniciativa pública e privada, com:

A construção de um portal de turismo e da sinalização urbana para melhor informar quem mora e visita a cidade;

A implementação do selo Produzido em Urussanga nos produtos locais;

A ampliação, diversificação e manutenção dos atrativos turísticos, a fim de manter o turista na cidade por mais tempo;

O reforço no calendário de eventos para ganhar atratividade o ano inteiro – sendo o que primeiro já está marcado: o festival Gastronômico, Benedetta Cosina acontecerá entre os dias acontecerá de 30 de outubro a 5 de novembro.

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.