Minuto a minuto: ato pró governo reuniu 140 mil pessoas em SP, diz SSP

Confira os trechos interditados na BR-101 do Estado

Foto: Fernando Bicerra/EFE
- PUBLICIDADE -

18h44 – A Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo informou que cerca de 140 mil pessoas participaram dos atos simultâneos realizados nesta terça-feira, na capital paulista. A estimativa do público foi realizada pela área técnica da pasta a partir do uso de imagens aéreas, análise de mapas e georreferenciamento, determinando a extensão dos atos.

18h – PRF atualiza os pontos com bloqueios nas rodovias federais de Santa Catarina. Nenhum deles pertence ao Sul do Estado.

- PUBLICIDADE -

16h54 – Em Maracajá, não há mais nenhuma obstrução na BR-101. Os cerca de 300 ativistas continuam neste momento reunidos nas redondezas do posto Bambrila, às margens da rodovia nacional, realizando comícios a favor dos direitos da família, do presidente Jair Bolsonaro, e contra o STF.

Foto: Érik Borges/TN

16h42 – Em discurso na manifestação de 7 de setembro nesta terça-feira na Avenida Paulista, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro subiu o tom e voltou a criticar os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes e Luís Barroso, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Não vamos mais admitir pessoas como Alexandre de Moraes continuem a açoitar a nossa democracia e desrespeitar a nossa constituição. Ele teve toda as opor para agir com respeito para todos nós, mas não agiu dessa maneira como continua não agindo”, disse. “Ou o ministro se enquadra ou ele pede para sair”, completou o presidente.

Multidão na Avenida Paulista para acompanhar o discurso de Jair Bolsonaro no 7 de setembro (Foto: Miguel Schincariol/AFP)
Ele chegou a chamar Alexandre de Moraes de canalha e disse que não cumprirá mais ordens suas, ao relembrar das prisões decretadas pelo juiz no âmbito do inquérito das fake news, que apura ameaças contra a Corte. “Tenho apoio de vocês. Enquanto vocês estiverem ao meu lado estarei sendo o porta-voz de vocês. Não existe satisfação maior do que estar no meio de vocês. Podem ter certeza, onde vocês estiverem eu estarei. Cumprimento patriotas que estão em todos os lugares desse Brasil hoje se manifestando por liberdade. O povo acordou”, discursou o mandatário. – Via R7  
Foto: G1 SP
15h49 – O presidente Jair Bolsonaro chegou a Avenida Paulista na tarde desta terça-feira (7) e discursou para apoiadores reunidos na região central da cidade de São Paulo. O avião presidencial chegou de Brasília, onde o chefe do Executivo fez o primeiro discurso, no aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, às 13h15.
Foto: Reprodução/Record TV

Mais cedo, em pronunciamento para apoiadores nas manifestações na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, o  presidente Jair Bolsonaro afirmou que os atos de 7 de setembro são um ultimato para todos os que estão na Praça dos Três Poderes, “inclusive eu, o presidente da República”.

“Não são fáceis as decisões. Não escolham o lado do conforto, sempre estarei ao lado do povo brasileiro. Esse retrato que estamos tendo nesse dia é de vocês. É o comunicado, é um ultimato para todos que estão na Praça dos Três dos Poderes, inclusive eu, o presidente da república”, afirmou.

Na Paulista, os manifestantes começaram a se reunir por volta das 9h. A avenida foi bloqueada no sentido Paraíso a pedido da Polícia Militar. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), desde às 9h a via foi interditada também no sentido Consolação. – Via R7

15h36 – Populares favoráveis ao governo de Jair Bolsonaro realizaram uma nova carreata na Avenida Centenário, em Criciúma, desta vez à tarde.

15h13 – Um dos nomes mais mencionados nos protestos em verde e amarelo durante este feriado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, publicou em seu perfil do Twitter uma mensagem defendendo o respeito à democracia:

15h06 – Em Florianópolis, depois de as manifestações a favor do governo de Jair Bolsonaro acontecerem na parte da manhã, os atos contra o seu governo começam a ganhar forma nesta tarde. A capital do estado reúne manifestantes com faixas e bandeiras no Largo da Alfândega.

Foto: Leo Munhoz/ND

15h – Confira também no portal TNSul:

14h52 – Confira fotos da manifestação em Criciúma na Rua da Gente:

14h37 – Caminhoneiros voltaram a bloquear a BR-101, em Maracajá. A princípio, apenas carros de passeio estão sendo liberados, informou ao Tribuna de Notícias Jair Ferraz, um dos líderes do movimento no Sul do Estado. Os veículos estão parados na altura do posto Bambrila com carros de som, faixas e protestos.

Foto: Guilherme Cordeiro/TN

13h50 – Cerca de 1.500 pessoas protestaram em busca do voto impresso auditável e do impeachment de alguns ministros do STF (Superior Tribunal Federal) neste Dia da Independência do Brasil em Criciúma. A manifestação aconteceu na Rua da Gente, ao lado do Parque das Nações, na manhã dessa terça-feira. Depois, aconteceu uma carreata pela Avenida Centenário.

13h38 – PRF informa os pontos nas rodovias nacionais de Santa Catarina que continuam com bloqueios neste feriado:

12h30 – Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro chegou à cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional na manhã desta terça-feira, 7 de Setembro. O ex-piloto Nelson Piquet, tricampeão de Fórmula 1 na década de 1980, pilotou o Rolls-Royce presidencial.

Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

11h55 – A Polícia Rodoviária Federal está monitorando as interdições de trânsito ao longo da BR-101, ocasionadas pela manifestação dos caminhoneiros desta terça-feira, 07. Os trechos em que o trânsito está bloqueado em Santa Catarina podem ser acompanhados através da página do Twitter da PRF: @prf_sc.

11h32 –  O município de Urussanga também registrou manifestações a favor de Bolsonaro nesta manhã. Manifestantes saíram às ruas da cidade com carros, bicicletas, tratores e a pé. Percorreram do bairro Estação Cocal até o Centro.

11h – Foi registrado também na manhã desta terça-feira, 07, atos no município de Forquilhinha. Os manifestantes a favor do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) realizaram uma caminhada pelo Centro finalizando com uma oração na Rua Coberta.

10h35 – De acordo com a CCR Via Costeira, na praça de pedágio de Araranguá, a pista foi liberada por completo nos dois sentidos da rodovia. No momento, há dois quilômetros de congestionamento sentido sul e um quilômetro no sentido norte. Ainda segundo a CCR Via Costeira, em Santa Rosa do Sul e Imbituba, não há interdições.

10h30- Início do ato em Criciúma. Os manifestantes irão ouvir o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, depois o hino nacional e, por fim, ocorrerá o hasteamento da bandeira. – Via ND Mais

Vídeo: Lucas Colombo/ND

10h05 – Trecho bloqueado em Irani na BR-153 (km 65), nos dois sentidos.

10h – Manifestantes se concentram em Morro da Fumaça

9h48 –  Sem desfiles cívicos neste Dia da Independência, 07, manifestações políticas estão programadas em cidades de diferentes regiões de Santa Catarina. As manifestações são movidas por diferentes pautas: há grupos que apoiam o governo federal, são a favor do voto impresso auditável e contra ministros do STF (Superior Tribunal Federal); e outros que são contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Neste momento manifestantes pró Bolsonaro começam a chegar ao Parque da Nações, em Criciúma, para protestos.

Foto: Divulgação

9h36 – Trecho bloqueado em São Francisco do Sul na BR-280 (km 1,5), nos dois sentidos da rodovia.

9h26 – Filas de 10km de extensão se formam no pedágio de Araranguá

Foto: Guilherme Cordeiro

8h30 – Trecho bloqueado em Canoinhas, na BR-280 (km 230), em ambos os lados.

8h18 – De acordo com a CCR Via Costeira, responsável pela BR-101 no sul do estado, em Araranguá (praça de pedágio entre Araranguá e Maracajá), uma faixa de pista já foi liberada para trânsito nos dois sentidos.

7h57min – Até o momento, os trechos interditados no estado são em Guaruva (km 10) nos dois sentidos da rodovia, em Joinville (km 25) com interdição em sentido norte, em Maracajá (km 404) nos dois sentidos e em Santa Cecília, na BR-116, (km 138), em ambos os sentidos também.

De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Fiamoncini, a PRF está negociando com os manifestantes para encerrarem as manifestações. “Estamos negociando pacificamente em todos os trechos onde há manifestações”, afirmou Fiamoncini.

Confira fotos e vídeos da manifestação:

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.