Mãe e filha deixam o Rio Grande do Sul mirando uma nova vida em SC

Sandra Raquel de Almeida vende pães e bolos de porta em porta enquanto espera a chegada do marido e da filha mais velha, que continuam no Estado vizinho

Foto: Guilherme Cordeiro
- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli/Especial

Balneário Arroio do Silva

- PUBLICIDADE -

Faz seis meses que Sandra Raquel de Almeida decidiu, ao lado da filha caçula, se mudar do Rio Grande do Sul para Balneário Arroio do Silva em busca de um recomeço. Do outro lado do Rio Mampituba, no município de Esteio, permaneceram, por ora, o marido e a filha mais velha. Enquanto aguarda para conseguir reunir a família definitivamente em solo catarinense, a gaúcha se mantém como confeiteira autônoma, vendendo pães, bolos, cucas e açaí de porta em porta.

A mudança se deu por conta da paixão de Sandra pelo litoral de Santa Catarina. Era um desejo antigo morar para o lado de cá da divisa. Ela e o esposo são donos de um terreno em Balneário Arroio do Silva, que estava sendo utilizado por terceiros de maneira irregular. “No início do ano passado viemos visitar, já que tínhamos o objetivo de construir nossa casa ali, mas percebemos que outras pessoas estavam construindo. Tivemos um problema muito sério, que graças a Deus já foi resolvido junto à Prefeitura e conseguimos retomá-lo”, detalha.

Durante o processo, surgiu a ideia de ela alugar uma casa na cidade junto com a filha Letícia Isabelle, para acompanhar a situação de perto. “Todo dia é um recomeço. Eu trouxe meu forno, minha mesa, minha maquininha e vou me virando. Quando meu marido consegue uma folguinha, ele vem nos visitar”, conta. “Eu tenho um carrinho, coloco algumas caixas de pães em cima e vou empurrando durante o dia pelas ruas”, explica.

Letícia auxilia a mãe nas produções caseiras e na divulgação dos produtos. E, principalmente, presta ajuda no afeto e no aconchego familiar, demonstrando apoio no dia a dia. “Sem ela, eu não viria. Não conseguiria dar conta sozinha. Ela faz toda diferença, é a cabeça pensante, enquanto eu sou a prática É uma menina muito prestativa, inteligente. Toda a parte de propaganda, embalagens, panfleto, é ela quem faz”, ressalta.

Coragem é o lema

A vida de Sandra sempre foi repleta de desafios, e este não seria encarado de uma maneira diferente. “Sempre fui uma pessoa determinada. Comigo não tem tempo ruim, o que tiver que fazer, nós vamos fazer. É um lugar novo, em que eu não conhecia ninguém, mas vou tentando tirar o melhor proveito da situação. Aprendo todos os dias, sou positiva”, afirma.

Quem atesta esta definição é a filha Letícia, que vem sendo uma ‘fiel escudeira’ nesta experiência nova. “Ela é extremamente forte e corajosa, e ao mesmo tempo é muito gentil e alegre. Herdei dela essa parte de lidar bem com os problemas, de não deixar que eles frustrem a gente. A cada dia que passa vamos ficando felizes com as pequenas conquistas. Ficar somente com ela nestes últimos meses tem sido muito prazeroso. A gente se entende, conversa, somos muito companheiras. Costumo dizer que ela é a minha melhor amiga, minha maior fonte de inspiração. É uma grande mulher”, revela a estudante de Arquitetura e Urbanismo.

Seu pai, dono de uma padaria em Esteio/RS, e sua irmã, advogada, ainda não têm prazo definido para voltarem a partilhar do mesmo teto junto à outra metade da família. Enquanto isso, uma vai dando força à outra, até que tudo se estabilize.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.