Içara: Festa da Misericórdia é celebrada por bispo de Porto Alegre

A segunda noite do evento contou com a presença de padres da Diocese de Criciúma e foi presidida a pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, Dom Aparecido D. de Souza

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A Festa da Divina Misericórdia, realizada anualmente no Santuário do Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, está acontecendo em 2021 com os devidos cuidados por conta da pandemia. A segunda noite do evento, neste dia 5 de abril, contou com a presença de padres da Diocese de Criciúma e foi presidida a pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, Dom Aparecido D. de Souza.

Durante a noite o bispo enfatizou a importância de continuar a vivencia da solenidade da Páscoa. “Eis que, em torno do altar, estamos reunidos celebrando a oitava da páscoa, que é um prolongamento do momento ápice da nossa fé”, apontou. Ele ainda refletiu sobre as vocações, representadas no local através dos sacerdotes, consagradas e leigos. “Que bom estarmos aqui rezando com uma quantidade razoável de fiéis e acolhidos por padres, diáconos e religiosas”.

- PUBLICIDADE -

A Paróquia São Francisco de Assis, do Balneário Rincão, promoveu uma caravana trazendo até o santuário a imagem do Sagrado Coração de Jesus. Junto deles estiverem também o Movimento de Cursilho de Cristandade e o Movimento Familiar Cristão.

Cuidados Necessários

Além da higienização das mãos na entrada e saída do Santuário, o uso de máscara é obrigatório em todo complexo e os bancos foram marcados para que exista o distanciamento social exigido. “Nós adotamos todas as medidas para que houvesse total segurança aos peregrinos que querem participar conosco da festa. Vale lembrar que que toda parte recreativa foi cancelada e optamos por manter apenas a parte religiosa”, frisou o reitor padre Antonio Vander da Silva.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.