Homenagem do MDB ao senador e sempre governador Casildo Maldaner

Foram mais de 50 anos de vida pública, Casildo foi vereador, deputado estadual, federal, vice-governador, governador, senador e presidente de honra do MDB

Foto: Divulgação/ MDB
- PUBLICIDADE -

Gratidão Casildo!!

Olhos claros, de choro fácil. Mãos tremulas nos últimos tempos. Do chimarrão na mão. Do paletó quadriculado. Do sorriso espontâneo. Da dança alegre. Da risada irreverente. Vestia o 15 do seu MDB em sua presença expressiva. Casildo era risada, sensibilidade, emoção. Era nosso amigo! Casildo Maldaner é a história de Santa Catarina. Casildo é a melhor definição do MDB. Apaixonado pela vida pública. Intenso!

- PUBLICIDADE -

Quem com ele conviveu tem uma história para guardar. Um momento para compartilhar. A família do MDB era a sua. Seu orgulho. Quem não o viu chorar nas derrotas e sorrir nas vitórias? Como não lembrá-lo dançando “É o 15, é o 15, é o 15. Vivo! Forte, contagiante… Sem dormir, sem curvar-se às dificuldades. A mão no ombro companheiro era a sua marca. O Casildo da poesia, da frase de efeito, da história viva. O presidente de honra, que na sua longa vivência política encontrava sempre a ponderação coerente.

Viveu para o MDB. Progressista, defensor de mais igualdade social, combateu o bom combate. Famoso pelo diálogo, pela construção participativa. Foi arquiteto de alianças que deram a Santa Catarina e ao Brasil um passado de realizações. Um futuro de ensinamentos. A política é construção, é vivência, é trabalho. Dedicação. Foram 79 anos…

Casildo era único, como descrito pelo ex-governador Luiz Henrique: “não se vai encontrar em todo o Brasil um companheiro igual a ele. O Casildo é símbolo de esperança, que é fundamental na política. Símbolo da lealdade e de solidariedade. O Casildo brincalhão não representa a firmeza e seriedade que ele tem nas suas ações”.

Amigo, alegria e ao mesmo tempo sabedoria. De vereador a senador da república, circulou com humildade em todos os ambientes da política catarinense e nacional. Foi conselheiro, bastidor e protagonista. Especialista na arte de ouvir. Conciliador! Uma figura ímpar. Vereador, deputado estadual, federal, vice-governador, governador, senador e presidente de honra do MDB. Aliás, ao falar em MDB falamos em sua família. E que honra!

Dona Ivone Maldaner sabe como poucos como Casildo amou a política. Josaine, Jandrey e Janiara, obrigada por dividirem conosco a figura de um pai preocupado, amigo e presente. Joanna, Joaquim, Jessica, Emília e Otto, Orgulhem-se! O avô de vocês vive nas páginas de Santa Catarina.

Sem nunca esquecer da sua origem humilde e da jornada que o levou até o mais alto cargo público do Estado de Santa Catarina, o ex-governador despediu-se acamado. A pandemia tirou dele uma de suas maiores alegrias: a vida partidária. Faltava-lhe a estrada, o olho no olho, o gasto da sola do sapato.

Foram mais de 50 anos de vida pública, que há poucos dias Casildo definiu como “um casamento que exigiu compromisso, responsabilidade, amor e fidelidade”.

Ao olhar a história do senador Casildo Maldaner, a tristeza de sua partida mistura-se com a alegria de seu legado. O companheiro de Pedro Ivo, o governador do Oeste. O representante da escola de Ulysses Guimarães. Um conselheiro político. O parceiro de Luiz Henrique. O homem do diálogo, o emedebista raiz. O Casildo do 15, é alegria, e com alegria plena agradecemos sua mensagem, sua amizade e sua herança…

O MDB vive na história de seu sempre governador. Do governador itinerante!

Pai, avô, esposo e nosso sempre presidente de honra. A você, nossa  Gratidão!

Despede-se a família do MDB de Santa Catarina.

Via MDB

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.