Frasco com doses da CoronaVac é encontrado no lixo em Maracajá

Relatório do caso foi solicitado pelo delegado do município à secretária de Saúde e a investigação ficará a encargo da Polícia Federal

Foto: Divulgação/Secom/SP
- PUBLICIDADE -

Um fato inusitado foi registrado em Maracajá. Enquanto muitos aguardam ansiosamente pela imunização contra o coronavírus, um frasco da CoronaVac – vacina produzida pelo instituto Butantan, foi encontrado no lixo do Centro de Triagem de Resíduos Acendino José Capela. O responsável pela delegacia do município, Bruno Sinibaldi, deve encaminhar a investigação do caso à Polícia Federal nesta semana.

Um fiscal sanitário, que esteve no Centro de Triagem de Resíduos avaliando o cumprimento obrigatório do uso de máscaras entre os funcionários, foi informado por uma colaboradora que um frasco lacrado, sem saber do que se tratava o líquido, teria sido encontrado. Após averiguar e constatar que era correspondente ao imunizante CoronaVac, o profissional encaminhou o caso à delegacia de polícia.

- PUBLICIDADE -

A diretora de Saúde do município, Michele Constantino Gonçalves, considera o caso grave. “Precisa ser investigado. Não sabemos dizer como e de onde surgiu esse frasco no lixo em Maracajá. Na sexta-feira realizamos uma auditoria interna no Cemasas e ficou claro que nosso município está com as doses corretas. É importante ressaltar que o lote específico todo o Estado recebeu, ou seja, os frascos não tem identificação por município”, explica.

O caso chama atenção pela gravidade, além disso, o único frasco encontrado é suficiente para aplicação de dez doses. “Quando chegou ao conhecimento do departamento de Saúde, de imediato fomos registrar o ocorrido com a Polícia Civil através de boletim de ocorrência, para devidos providências. Nós somos os mais interessados em saber a origem deste frasco, já que foi encontrado em nosso município, pois estamos desde o início fazendo toda divulgação da vacinação, desde as doses recebidas, até as aplicadas. Total transparência”, finaliza Michele.

Em Orleans, aplicação da segunda dose foi suspensa

Um drive trhu para aplicação da segunda dose da vacina contra o coronavírus foi cancelado em Orleans. Isso porque, não havia doses disponíveis à população. De acordo com o secretário de Saúde do município, Murilo Debiasi Ferrareis, a expectativa é que o imunizante seja recebido nesta segunda-feira.

“Ainda estamos dentro do prazo, no caso, esses idosos que receberam a dose no dia 5 de abril, vence o prazo na segunda-feira (hoje) para a segunda dose. Nós recebemos a informação de que o Estado recebeu a vacina no sábado), então provavelmente o Governo vai fazer a distribuição. Mas realmente suspendemos por falta da segunda dose”, explica o secretário de Saúde.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.