Estadual: saúde discute critérios para a vacinação de adolescentes

O grupo entre 12 e 17 anos começará a ser vacinado assim que for concluída a vacinação da população adulta, com 18 anos ou mais, com pelo menos a primeira dose

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom
- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Comitê Técnico Assessor de Imunização, já discute quais os critérios que serão utilizados para a inserção dos adolescentes, com idade entre 17 e 12 anos, no Calendário Estadual de Vacinação contra a Covid-19 após a conclusão da população adulta.

O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, explica que o principal objetivo do Comitê é avaliar, com base em estudos científicos e análise epidemiológica, qual a melhor estratégia de vacinação para este público. “O Comitê, formado por especialistas em infectologia e imunização, irá se apoiar em documentos técnicos e análise do perfil epidemiológico de casos e óbitos por Covid, na população abaixo de 18 anos, para nos indicar qual a melhor estratégia a ser seguida. Serão consideradas evidências que apontem maior grau de vulnerabilidade de adolescentes portadores de doenças crônicas e deficiência permanente, além do planejamento da vacinação por faixa etária”, assinala o superintendente.

- PUBLICIDADE -

As recomendações do Comitê Técnico serão apresentadas na próxima reunião da Câmara Técnica de Vigilância em Saúde, agendada para 10 de agosto. A partir disso, o Estado e os municípios poderão pactuar sobre a estratégia de vacinação deste público e o momento em que ela deve iniciar.

A vacinação de adolescentes, com idade entre 12 e 17 anos, já foi autorizada pelo Ministério da Saúde. Conforme deliberado entre gestores do estado e dos municípios na última reunião da CIB, neste primeiro momento, a vacinação dos adolescentes deve ser realizada com doses da vacina Pfizer ou outra que venha a ser autorizada pela Anvisa para uso em menores de 18 anos. A aplicação de doses neste público deve ser iniciada assim que for concluída a vacinação de toda a população adulta, com 18 anos ou mais, com pelo menos a primeira dose da vacina. A estimativa populacional dos adolescentes de 12 a 17 anos, em Santa Catarina, é de 549.894 pessoas (dados IBGE, 2020).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.