Estadual: morre o vice-presidente da Acaert, por Covid-19

Empresário Rogério Pereira, o Pirata, atuava na Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão de Santa Catarina

Foto: Reprodução / Agência São Joaquim Online
- PUBLICIDADE -

A governadora Daniela Reinehr lamentou na manhã deste sábado, 17, a morte do comunicador e empresário Rogério Pereira, o Pirata, em decorrência da Covid-19. Dono de rádios em São Joaquim e vice- presidente regional da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão de Santa Catarina (Acaert) no Planalto Serrano, ele teve importante atuação para o desenvolvimento da comunicação na região.

“Recebemos com tristeza a notícia da morte de Rogério Pereira, o Pirata. Neste momento de dor, nos solidarizamos com familiares e amigos e destacamos a importante contribuição que ele deixou para a comunicação e o desenvolvimento da região Serrana catarinense”, declarou a governadora. Ela ainda destacou o papel fundamental dos jornalistas e profissionais de comunicação durante a pandemia e estendeu os sentimentos às famílias e a todos os catarinenses que também perderam entes queridos para a doença.

- PUBLICIDADE -

O secretário Executivo de Comunicação, Miguel Bertolini, também lamentou a morte de Pirata e ressaltou a importante contribuição do empresário para o setor em Santa Catarina. Ele se solidarizou com familiares e amigos pela perda.

Rogério Pereira nasceu em São Joaquim, no dia 15 de novembro de 1945. Era casado com Ana Bitecourt Pereira, que foi sepultada nesta sexta-feira, 16, também por causa da Covid-19. O casal deixa quatro filhos e três netas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.