Em queda, ocupação de leitos de UTI em SC é de 87,8%

A taxa, que permaneceu acima de 90% nos últimos quatro meses, era de 96,3% há 14 dias e de 92,1% há sete dias, de acordo com os dados da SES

Foto: Arquivo/Secom
- PUBLICIDADE -

A ocupação de leitos SUS adultos de UTI em Santa Catarina caiu para 87,8%, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgados nesta quarta (7). A taxa, que permaneceu acima de 90% nos últimos quatro meses, era de 96,3% há 14 dias e de 92,1% há sete dias, de acordo com os dados da SES.

A região Norte e Nordeste tem a maior ocupação de UTIs adultos SUS, de 96,1%. Em seguida, estão Meio-Oeste e Serra (93%), Foz do Rio Itajaí (90,9%), Sul (89%), Vale do Itajaí (88,9%), Grande Oeste (86,3%), e Grande Florianópolis (69,5%).

- PUBLICIDADE -

Apesar da redução, o Estado ainda registra filas por leitos de UTI. O último boletim aponta oito pacientes nesta condição, sendo três no Vale do Itajaí e cinco no Norte e Nordeste do Estado. A espera permanece, mesmo que haja vagas em outros hospitais, porque há risco no transporte do paciente.

A melhora dos números de ocupação ocorre em paralelo com a queda dos casos ativos. O volume, que chegou a passar de 24 mil em meados de junho, caiu para 17,5 mil nesta semana: o menor valor desde o início da segunda onda da doença, em fevereiro.

Via Rede Catarinense de Noticias 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.