Diretor da UFSC de Araranguá pede apoio da Câmara ao curso de medicina

Eugênio Simão participou da última sessão ordinária do mês de maio nesta segunda-feira (25)

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Por meio de um requerimento dos vereadores Kelvin Diran e Márcio Tubinho, ambos do Progressistas, o diretor do Campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de Araranguá, Eugênio Simão, esteve na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (24) para abordar a atual situação da Universidade.

Conforme um dos solicitantes da vinda, o vereador Kelvin Diran, o Legislativo foi procurado pela direção da UFSC, que trouxe os anseios da comunidade escolar. “Em uma visita o diretor apresentou uma pauta de reivindicações, entre elas a ampliação do número de servidores para o curso de medicina. Para que os colegas pudessem compreender a situação aprovamos um requerimento na Casa Legislativa”, afirmou Diran.

O diretor, Eugênio Simão detalhou a organização interna da Universidade, o interesse de mudança de sede e apelou por mais estrutura. “O curso de medicina foi montado para atender uma realidade, com 60 professores e 30 técnicos, porém, ela mudou e tivemos que internamente suprir essa demanda. Precisamos de uma força política pois se exauriram todas as vagas de professor e de técnicos e também para que o curso de medicina se consolide em Araranguá, Isso demonstrará o interesse da região em ampliar o curso para o Ministério da Educação”, defendeu.
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.