Criciúma: UPA da Próspera supera 300 mil atendimentos médicos

Após ser qualificada pelo Ministério da Saúde como modelo para o Brasil, o mês de maio será um grande marco na Unidade de Pronto Atendimento-UPA Dr. Antônio Carlos Althoff, na Próspera em Criciúma

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Segundo balanço oficial divulgado ontem, dia 25, pelo Instituto Maria Schmitt-IMAS que administra a unidade, desde a inauguração em primeiro de julho de 2018 são atendidos em média 8.900 pacientes por mês pela equipe multiprofissional que atua no local 24h por dia. Também foram realizados mais de 330 mil exames de raio x, 60 mil exames laboratoriais, 30 mil exames de eletrocardiograma, mais de 6 mil imobilizações ortopédicas e 10 mil curativos.

“Ficamos felizes em conseguir atender toda essa demanda sem intercorrências, isso é prova de que a população confia no nosso trabalho e mesmo com a pandemia se sentem seguros ao procurar a UPA. É uma satisfação ver os nossos colaboradores tão dedicados a cuidar do próximo nesse momento e principalmente é um compromisso nosso mantê-los dispostos, unidos e realizados.” acrescenta Fabiano Ribeiro Teixeira, diretor da UPA.
Ele ainda explica que desde que a UPA conseguiu sua habilitação e qualificação junto ao Ministério da Saúde tornou-se referência, uma unidade modelo para o Brasil. Além da excelente infraestrutura a UPA segue os padrões de gestão humanizada do IMAS, preza por um atendimento qualificado, acolhedor e resolutivo.
“Essa portaria significa que o compromisso diário de nossas equipes e o modelo de gestão eficiente do IMAS foram reconhecidos pelo principal órgão de saúde do país, o Ministério da Saúde. Trabalhamos com muito empenho para manter a qualidade do serviço prestado à comunidade.” afirmou dr. Robson Machado Schmitt, presidente do instituto.

- PUBLICIDADE -

Compromisso reafirmado

Dr. Robson acrescenta ainda que o IMAS reafirma seu compromisso de prover a UPA 24h por meio de uma equipe horizontal de gestão do cuidado na unidade, sendo de responsabilidade da entidade a definição de estratégias que visam garantir retaguarda médica, de enfermagem, de pessoal técnico e de apoio administrativo, nas 24 (vinte e quatro) horas do dia e em todos os dias da semana, incluídos feriados e pontos facultativos, possibilitando o primeiro atendimento e a estabilização de pacientes acometidos por qualquer tipo de urgência. “É compromisso nosso, fazer sempre mais e melhor, acolhendo de forma humana quem bate à nossa porta. Nosso trabalho é 24h à serviço da vida. Agora em tempos de pandemia, esse trabalho foi intensificado, ganhou reforço e sobretudo um protocolo de atendimento que garante a segurança dos profissionais e usuários” finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.